Fisioterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1040 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO A FISIOTERAPIA
EM DERMATOLOGIA

A Fisioterapia DermatoFuncional aborda as
disfunções físico-estéticofuncionais decorrentes de
patologias, procedimentos
cirúrgicos ou seqüelas que
afetam direta ou
indiretamente a integridade
do sistema tegumentar.

(ABRAFIDEF 2005)

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL: SUB-ÁREAS
 Dermatoses:

erupções
eritêmatoescamosas, eczematosas...
Dermato-Funcional Facial: acne vulgar,
rosácea, envelhecimento cutâneo...
 Dermato-Funcional
Corporal:
lipodistrofias localizadas, fibroedema
gelóide, estrias atróficas, flacidez
músculo-cutânea, etc.
 Pré e Pós Cirurgias Plásticas Reparadoras
e Estéticas

RECURSOS FISIOTERAPÊUTICOS
 Massagem
 Termoterapia
 Eletroterapia:

Ultra-som, Laser
 Actinoterapia

TECIDOEPITELIAL

TECIDO EPITELIAL
Funções:

Sensorial

Secreção

Revestimento
das
superfícies

Absorção

NUTRIÇÃO E INERVAÇÃO
 Os

vasos sanguíneos não penetram no epitélio;
 Nutrição

é feita por difusão através da
membrana basal

 Oxigênio

e nutrientes chegam nas células
através da substância intercelular do tecido
conjuntivo.

 São

inervados pelas terminaçõesnervosas
livres (estímulos mecânicos, térmicos e
dolorosos).

CLASSIFICAÇÃO
 Quanto

ao número de células:

Formados por uma só camada de células,
são chamados de epitélios simples ou
uniestratificados
 Já os epitélios formados por mais de uma
camada de células são chamados
estratificados
(pavimentoso
ou
cilíndrico).


CLASSIFICAÇÃO
 Quanto

ao número de células:

Existem

ainda epitélios que, apesar
de formados por uma única camada
celular, têm células de diferentes
alturas, o que dá a impressão de
serem estratificados. Por isso, eles
costumam ser denominados pseudoestratificados.

CLASSIFICAÇÃO
Quanto à forma das células:
Pavimentosos, quando as células são achatadas
como ladrilhos;
Cúbicos, quando as células tem forma de cubo;

Prismáticos,quando as células são alongadas ,
em forma de coluna.

CLASSIFICAÇÃO

pavimentoso
simples

revestimento
interno
sangüíneos, pericárdio

dos

vasos

cúbico simples

revestimento ovariano

prismático simples

revestimento do estômago e intestino

pavimentoso
estratificado
cúbico estratificado
prismático
estratificado

revestimento da pele (epiderme), boca e
esôfagoconjuntiva do olho
epiglote e uretra masculina

pseudo-estratificado

revestimento da traquéia, fossas nasais e
brônquios

transição

revestimento interno da bexiga e das vias
urinárias

RENOVAÇÃO
 Os

epitélios são tecidos cujas células tem
vida
limitada
ocorrendo
contínua
renovação de suas células, graças a uma
atividade mitótica contínua.

 As

células neoformadassão empurradas
em direção à superfície, onde substituem
células mais antigas, que continuamente
são descamadas.

Tecido Conjuntivo

TECIDO CONJUNTIVO
Conceito 
caracterizam-se por
apresentar diversos
tipos de células,
separadas por
material intercelular

Grande capacidade de
regeneração

Material intercelular:
formado por
substância
fundamental amorfa e
fibras

TECIDOCONJUNTIVO

 Substância

fundamental amorfa 
constituída por água, polissacarídeos e
proteínas  preenche os espaços entre as
células e as fibras do conjuntivo.

 Fibras

 de natureza protéica e se distribuem
conforme o tipo de tecido.

TRÊS TIPOS DE FIBRAS:
Colágenas - mais freqüentes  formado pela proteína
colágeno  alta resistência à tração  cor
esbranquiçada;Elásticas - formadas pela proteína elastina  dotadas de
elasticidade, cede (ao contrário das colágenas) facilmente
à tração  na ausência de forças deformantes, as fibras
elásticas voltam a assumir a forma inicial; cor amarela;

Reticulares - fibras mais finas; são constituídas pela
proteína reticulina, muito semelhante ao colágeno.

CONSTITUIÇÃO DOS TECIDOS CONJUNTIVOS




Células...
tracking img