Fisioterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2828 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Rev. Fisioter. Univ., São Paulo, 1(1) : 5-10, jul./dez., 1994

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA
FISIOTERAPIA:
ASPECTOS HISTÓRICOS E LEGAIS
Am.élia pasqual Marques* Eugênio Lopes Sanches**

MARQUES, A.P., SANCHES, E.L. Origem e evolução da fisioterapia: aspectos históricos e
legais. Rev. Fisioter. Univ. São Paulo, 1(1) : 5-10, jul./dez., 1994.
RESUMO:
Este artigo resume a trajetória da Fisioterapiano Brasil desde o primeiro curso instalado
em 1951, apresentando e discutindo os documentos legais que regulamentam seu ensino
e exercício, assim como os órgãos de classe que representam e norteiam os profissionais.
DESCRITORES

:

Fisioterapia, história. Fisioterapia,
Fisioterapia, educação.

tendências.

1. ORIGEM DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FMUSP

legislação

do Curso deFisioterapia

da Faculdade

de Medicina da Universidade

Fisioterapeuta e Professor aposentado do Curso de Fisioterapia
Universidade de São Paulo, de 1958 a 1991.
Endereço:

e jurisprudência.

jou e instalou, no Hospital das Clínicas da
Faculdade de Medicina da Universidade de
São Paulo, o Serviço de Fisioterapia do Hospital das Clínicas de São Paulo8.
Foi também o DI. Rolim quem, em
1951, planejou o primeiro Curso de Fisioterapia do Brasil, patrocinado pelo centro
de estudos Raphael de Barros, cujo objetivo era formar técnicos em fisioterapia.
Suas instalações eram no 7° andar do Instituto Central do Hospital das Clínicas e as
aulas ministradas pelo corpo docente e
médicos do próprio hospital. Ao final os
alunos submetiam-se a uma prova teórica e

A prática deFisioterapia no Brasil iniciou-se no começo deste século, em 1919,
quando foi fundado o Departamento de Eletricidade Médica pelo Professor Raphael de
Barros da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Dez anos mais tarde, em
1929, o médico DI. Waldo Rolim de Moraes
instalou o serviço de Fisioterapia do Instituto
do Radium Arnaldo Vi eira de Carvalho no
local do Hospital Central da Santa Casade
Misericórdia de São Paulo. Ele ainda plane-

Professora Assistente
São Paulo.

Fisioterapia,

Amélia pasquai Marques - Rua Cipotânea,
05360-000 - São Paulo, SP.

5

da Faculdade

n. 51 - Cidade

de

de Medicina da

Universitária

- CEP

MARQUES, A.P., SANCHES, E.L. Origem e evolução da fisioterapia: aspectos históricos e
legais. Rev. Fisioter. Univ. São Paulo, 1(1) :5-10, jul./dez., 1994.

FMUSP, o Curso de Fisioterapia também
era um curso da Universidade de São Paulo.
Contudo, este aspecto confirma-se somente
a 7 de abril de 1967, através da portaria GR
no 347, onde a Universidade de São Paulo
baixa o Regulamento dos Cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Instituto de
Reabilitação da Faculdade de Medicina. Já
a Portaria 1.025 de 16 dejaneiro de 1970
afirma que os certificados de conclusão dos
cursos de técnicos em Fisioterapia e Terapia Ocupacional, expedidos pelo Instituto
de Reabilitação da FMUSP nos anos de
1958 a 1966, consideram-se para efeitos de
direito equivalente aos diplomas expedidos
nos termos deste regulamento.
Como se pode observar no Quadro 1, as
disciplinas eram pouco específicas e estavam voltadasespecialmente para a reabilitação, que era o aspecto mais importante à
época.
O Curso de graduação em Fisioterapia da
FMUSP, com duração de três anos, permaneceu até 1979. Em 1980 teve início o Curso de
Fisioterapia, com a duração de quatro anos.
Apesar de mudanças da carga horária
e da grande expansão do campo de
atuação do fisioterapeuta, o currículo de
1963 permaneceu até os anos 80, quandouma avaliação teórico-prática, com a participação de fiscais (médicos e enfermeiras)
do Serviço de Fiscalização Profissional do
Estado de São Paulo?
Este curso formou inúmeros fisioterapeutas e persistiu até 1958, quando a Lei
5.029 cria anexo à Cadeira de Ortopedia e
Traumatologia da Faculdade de Medicina
da Universidade de São Paulo (FMUSP) o
Instituto de Reabilitação (IR). Este...
tracking img