Fisioterapia pediatrica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1592 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tema: Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica em geral:
A Fisioterapia para Crianças, na qual o nome técnico é Fisioterapia Pediátrica, tem o objetivo de tratar disfunções, recuperar movimentos, tratamentos neurológicos, problemas respiratórios ou mesmo recuperar lesões ortopédicas.

Consiste em um tratamento que requer elevado grau de especialização, muita didática e psicologia,além de ótimo tratamento e atendimento por parte do profissional de fisioterapia. Dentre elas: fisioterapia respiratória pediátrica, fisioterapia neurofuncional, fisioterapia oncofuncional, fisioterapia trauma ortopédica, fisioterapia pneumofuncional fisioterapia preventiva escolar entre outras.

Importância da fisioterapia no pré e pós operatório de cirurgia cardíaca pediátrica

Complicações nopós-operatório de cirurgia cardíaca pediátrica são freqüentes, destacando-se a atelectasia e a pneumonia. A fisioterapia contribui significativamente no tratamento destas complicações.
As crianças com cardiopatia congênita frequentemente desenvolvem alterações da mecânica respiratória , além disso, a cirurgia cardíaca associada à circulação extracorpórea (CEC) também leva a uma série decomplicações respiratórias . Desta forma, a fisioterapia no pré e pós-operatório têm como p r i n c i p a i s o b j e t i v o s a r e e x p a n s ã o p u lmo n a r, desobstrução das vias aéreas e orientar os responsáveis para prevenir estas complicações.
O que é cardiopatia congênita?
- Cardiopatia Congênita é qualquer anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras 8semanas de gestação quando se forma o coração do bebê. Ocorre por uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca.
A correção precisa ser feita por meio de cirurgia .
Tipos:
As cardiopatias congênitas mais frequentes no estudo de Miyague foram as anomalias acianóticas, tais como, comunicação interventricular (30,5%), a comunicação interatrial (19,1%), a persistência do canalarterial (17%), aestenose pulmonar valvar (11,3%) e a coarctação da aorta.
Estatísticas:
As cardiopatias congênitas acometem cerca de 8 a 10 crianças a cada 1000 nascidos vivos, sendo estimado o surgimento de 28.846 novos casos por ano no Brasil, onde são necessários, em média, 23.077 procedimentos cirúrgicos por ano.

COMPLICAÇÕES PULMONARES EM CIRURGIA CARDÍACA PEDIÁTRICA
As complicaçõespulmonares pós-cirurgia cardíaca pediátrica observadas nos estudos de felcar Foram: atelectasia, pneumonia, derrame pleural, pneumotórax, quilotórax, hipertensão pulmonar sendo que as duas primeiras alterações foram mais frequentes.
A a t e l e c t a s i a , d e f i n i d a c o m o c o l a p s o d e u m a determinada região do parênquima pulmonar é a complicação mais comum nopós-operatório de cirurgia cardíaca , e piora a oxigenação, diminui a complacência pulmonar, provocando inibição da tosse e do clerance pulmonar, podendo levar à insuficiência respiratória e aumentar a resistência vascular pulmonar .
Cirurgias cardíacas associadas à CEC têm como efeito adverso o aumento da permeabilidade capilar que gera o edema, o que acarreta em redução da complacência pulmonar e trocasgasosas [, além de levar ao colabamento das vias aéreas, atelectasias, diminuição da capacidade residual funcional e consequentemente hipoxemia .( que é a baixa quantidade de oxigênio no sangue arterial.)
Stayer et al. [3] avaliaram as alterações na resistência e complacência pulmonar ( que é refere-se à propriedade de distensibilidade dos pulmões e da caixa torácica) dinâmica em 106 crianças comidade inferior a um ano, portadoras de cardiopatia congênita, submetidas à cirurgia cardíaca com CEC. Essas variáveis foram medidas em dois momentos: antes da incisão cirúrgica com dez minutos de ventilação mecânica e após a retirada da CEC e do fechamento esternal. Os autores verificaram que recém-nascidos e pacientes com hiperfluxo pulmonar( é o aumento da resistência pulmonar com suas...
tracking img