FISIOTERAPIA NA PARALISIA CEREBRAL DO TIPO DIPLEGIA ESPÁSTICA

Introdução

Esse trabalho tem como objetivo demonstrar a importância do tratamento fisioterapêutico em pacientes com EncefalopatiaCrônica da Infância (ECI) do tipo Diplegia Espástica, apontando suas causas e conceitos para melhor entendimento e compreensão desta patologia.
A ECI é caracterizada por uma alteração dos movimentoscontrolados ou posturais dos pacientes, que aparecem logo cedo, sendo secundária a uma lesão, danificação ou disfunção do sistema nervoso central (SNC), que não é reconhecida como resultado de umadoença cerebral progressiva ou degenerativa. O evento lesivo pode ocorrer nos períodos pré, peri e pós natal.
A caracterização da ECI como diplegia espástica se dá, primeiramente, em relação aocomprometimento do membros, consoante ao tipo de tônus encontrado no paciente acometido.
O tratamento para esse tipo de lesão é baseado no desenvolvimento da criança normal, ou seja, será o ponto de partidasobre o qual o desenvolvimento anormal deverá ser avaliado. O sucesso do tratamento vai depender de uma aderência estrita aos estágios de desenvolvimento normal da criança com paralisia cerebralmostrará variações adicionais em virtude das dificuldades neurológicas e mecânicas.
A abordagem fisioterapêutica tem como finalidade preparar a criança para uma função, manter ou aprimorar as já existentes,atuando sempre de forma a adequar espasticidade,
levando a criança o mais próximo do padrão de desenvolvimento motor normal.

DIPLEGIA ESPÁSTICA

1) CONCEITO

A Diplegia Espástica recebe essenome porque sua forma pode se desenvolver afetando os quatro membros (superiores e inferiores), tendo maior comprometimento dos membros inferiores. Isso devido a lesão atingir principalmente a porçãodo trato piramidal responsável pelos movimentos das pernas, localizada em uma área mais próxima dos ventrículos.


Essa forma de lesão espástica é derivada da qualidade do tônus que se sujeita... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2012, 05). Fisioterapia na paralisia cerebral do tipo diplegia espástica. TrabalhosFeitos.com. Retirado 05, 2012, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fisioterapia-Na-Paralisia-Cerebral-Do-Tipo/239548.html

MLA

"Fisioterapia na paralisia cerebral do tipo diplegia espástica" TrabalhosFeitos.com. 05 2012. 2012. 05 2012 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fisioterapia-Na-Paralisia-Cerebral-Do-Tipo/239548.html>.

MLA 7

"Fisioterapia na paralisia cerebral do tipo diplegia espástica." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 05 2012. Web. 05 2012. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fisioterapia-Na-Paralisia-Cerebral-Do-Tipo/239548.html>.

CHICAGO

"Fisioterapia na paralisia cerebral do tipo diplegia espástica." TrabalhosFeitos.com. 05, 2012. Acessado 05, 2012. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fisioterapia-Na-Paralisia-Cerebral-Do-Tipo/239548.html.