Fisiologiia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6314 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FISIOLOGIA DA AUDIÇÃO
1- CONCEITOS BÁSICOS O som é um tipo de energia mecânica, resultado da transmissão de energia de partículas de ar em vibração, de uma fonte sonora em direção a partes mais distantes. Freqüência sonora é um conceito que caracteriza a altura de um som, definindo-o como grave, médio ou agudo. A freqüência é expressa em Hertz (Hz), ou ciclos por segundo, e é inversamenteproporcional ao comprimento de onda. Os sons comuns apresentam uma ampla gama de freqüências, tendo a fala freqüências que variam entre 300 e 3000 Hz. Intensidade sonora corresponde à amplitude das vibrações periódicas das partículas de ar e está associada à pressão e energia sonora (som fraco e forte), e é expressa em decibéis, a unidade de sensação sonora. O timbre ou qualidade do som é dado pelasdiferenças de amplitude dos sons harmônicos, que são sons de freqüências múltiplas em relação à freqüência do som fundamental. 2- ORELHA EXTERNA Possui a função de coletar e encaminhar as ondas sonoras até a orelha média, amplificar o som, auxiliar na localização da fonte sonora e proteger a orelhas média e interna. A função do pavilhão auricular como captador de ondas sonoras é discutível, pois suaausência é compatível com boa acuidade auditiva. O meato acústico externo transfere e amplifica o som para a orelha média, principalmente em freqüências de 2000 a 5000 Hz, sendo máxima entre 200 e 3000 Hz (aproximadamente 20 dB). Também serve para auxiliar na localização da fonte sonora, que consiste na impressão de volume sonoro causada pela aplicação de pressão sobre as orelhas. Há o efeitosombra (“shadow effect”) da cabeça, no qual ondas de pequeno comprimento são bloqueadas pela cabeça e a pressão sonora é reduzida no lado oposto à fonte sonora. Entretanto, a principal função da orelha externa é a proteção da membrana do tímpano, além de manter um certo equilíbrio de temperatura e umidade necessários à preservação da elasticidade da membrana. Contribuem para essas funções as glândulasceruminosas produtoras de cerúmen, os pêlos, e a migração epitelial da região interna para a externa. (Figura 1)

1

3

Figura1: 1: Orelha Externa 2: Orelha Média 3: Orelha Interna

2

2 3- ORELHA MÉDIA Trata- se de uma “bolsa” preenchida por ar, comunica-se com a nasofaringe através da tuba auditiva (Figura 1). Possui em seu interior a cadeia ossicular, composta por: martelo (emcontato direto com a membrana timpânica); bigorna e estribo (em contato coma cóclea através da janela oval). Seu papel mais importante é a equalização das impedâncias da orelha média (vibrações aéreas que invadem a membrana timpânica) e da interna (variações de pressão nos compartimentos líquidos da orelha interna). Sob o impacto de ondas sonoras sucessivas a membrana timpânica vibra no seu todo,deslocando-se para dentro e para fora da orelha média (fases de compressão e de rarefação), como um pistão, juntamente com o cabo do martelo, ao qual está intimamente fixado. Segundo Békésy somente 55 mm2 (de 85 mm2) da área entram em vibração. O deslocamento da membrana timpânica apresenta a capacidade de variar de amplitude em cada zona da membrana timpânica de acordo com a freqüência sonora, porém odeslocamento máximo sempre ocorre na região póstero- superior. À medida que a freqüência aumenta, o deslocamento da membrana é cada vez mais complexo. A cadeia ossicular (Figura2) transmite a vibração acústica desde a membrana até a base do estribo, passando pelo martelo e bigorna.

3- a) Unidade Tímpano-Ossicular As vibrações sonoras originadas no meio atmosférico são refletidas no meiolíquido e perdem 999 milésimos de sua força e somente 1 milésimo da energia consegue chegar ao meio líquido. Deste modo, os animais aquáticos ficam isolados dos ruídos do mundo atmosférico, porém a energia sonora originada no líquido é totalmente aproveitada. A orelha média serve para corrigir esta perda que ocorre na transmissão da onda sonora do meio aéreo para o meio líquido da cóclea. Isto ocorre...
tracking img