Fisiologia vegetal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1984 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FISIOLOGIA
VEGETAL

REPRODUÇÃO:
PROPAGAÇÃO E
SENESCÊNCIA
Fernanda Aires Guedes Ferreira

VAMOS VER:
O que é fotoperiodismo?
 Características de planta de dia curto, longo e
neutros.
 Classificação de plantas quanto ao fotoperiodismo.
 Manipulação do fotoperíodo.


Propagação sexuada e assexuada.
 Semente e germinação.
 Micro e macropropagação.


O que é senescência? Tipos de senescência.


FOTOPERIODISMO

COMO SURGIU
A primeira publicação científica importante sobre
fotoperiodismo foi feita por Garner & Allard (1920).
 Ainda em 1906, trabalhando com uma cultivar antiga de
fumo, eles observaram que algumas plantas cresceram a
uma grande altura, produzindo um número
extraordinário de folhas.
 A partir dessas plantas, foi selecionada uma novacultivar de fumo, de florescimento muito tardio. As
plantas dessa nova cultivar eram mortas pelas geadas
de outono, antes que o florescimento ocorresse. Porém,
cultivadas em casa-de-vegetação no inverno, elas
floresciam e produziam sementes normalmente.


FOTOPERIODISMO






É a forma como uma planta responde (ex. ao
florescimento) à quantidade de luz disponível no
ambiente(fotoperíodo).
O comprimento de um dia é conhecido como
fotoperíodo e as respostas do desenvolvimento das
plantas ao fotoperíodo são chamadas fotoperiodismo.
Consiste na duração do período de luz de um
determinado lugar, dependendo da latitude e da
estação do ano.

As plantas podem ser classificadas quanto à
resposta ao periodismo de três formas.

FOTOPERIODISMO: TIPOS DE PLANTAScopo-de-leite
Zantedeschia aethiopica


Crisântemo
Chrysanthemum sp.

“de Dias Curtos (PDC)”: florescem
quando os dias são curtos e as noites longas.

Iniciam o ciclo na primavera, florescem quando os
dias já estão se encurtando, no verão ou início de
outono, e terminam o ciclo no outono ou início de
inverno.

Tabaco
Nicotiana tabacum

FOTOPERIODISMO: TIPOS DE PLANTAS


“deDias Longos (PDL)”: florescem
quando os dias são longos e as noites curtas

Crescem na estação fria, florescem durante a primavera, que é
quando a duração do fotoperíodo se alonga, para encerrar o ciclo
no final da primavera ou início de verão.

Espinafre
Spinacia oleracea

Rabanete
Raphanus sativus

Alface
Lactuca sativa

FOTOPERIODISMO: TIPOS DE PLANTAS


“de Dias Neutros (PDN)”: florescem
independentemente do comprimento do dia.

Abóbora
Cucurbita pepo
Milho - Zea mays
Tomate
Solanum lycopersicum

FOTOPERÍODO CRÍTICO






É o valor em horas diária de iluminação capaz de
provocar a floração.
No entanto, é o período de escuro que induz a
floração.
Por exemplo, PDL com fotoperíodo crítico igual 18
horas, deve florescer em períodos diários deiluminação superiores a 18 horas ou em períodos
diários de escuro iguais ou inferiores a 6 horas

As PDC são induzidas a florescer se a duração do
dias for igual ou inferior àquele valor crítico que
caracteriza a espécie ou cultivar.
Para PDL deve-se considerar que elas florescerão
se o fotoperíodo for igual ou superior ao mínimo
crítico de sua espécie ou cultivar.

PDC: Máximo
críticoPDL: Mínimo
crítico

Brasil OK

Brasil não OK

DEPENDE DA DURAÇÃO DOS DIAS E DAS NOITES...
Plantas de
verão

dia longo
noite curta

Floresce as
de dia longo.

O segredo não está na duração do dia, e sim na duração da noite.

dia curto
Plantas de
inverno



Floresce as
de dia curto.

noite longa

Importante: A interrupção dos períodos escuros
leva à inibição dafloração de plantas de dia
curto.

VARIAÇÃO ANUAL DO FOTOPERÍODO EM
DIFERENTES LATITUDES DO HEMISFÉRIO SUL.

Soja PDC

Brasil

tardia

precoce

Dia curto

argentina

Dia longo

CLASSES DE PLANTAS QUANTO AO
FOTOPERIODISMO





Obrigatórias ou absolutas – plantas que
absolutamente necessitam do comprimento do dia
para florescer.

Facultativas – plantas que...
tracking img