Fisica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2675 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Lentes Esféricas
Definimos lente esférica como o sistema óptico constituído de três meios homogêneos e transparentes, separados dois a dois por duas superfícies esféricas ou uma superfície esférica e uma superfície plana, as quais chamamos faces da lente. Para um estudo simples consideraremos que o segundo meio é a lente propriamente dita, e que o primeiro e terceiro meios são iguais.Em razão da sua grande importância na prática diária, é muito importante o entendimento de como se formam as imagens.
O estudo das lentes esféricas,talvez seja dentre todas as aplicações da óptica geométrica, a que mais se destaca pelo seu uso no cotidiano como por exemplo em lentes de óculos ou lupas em equipamentos de pesquisa astronômica ,em câmeras digitais e emmicroscópios.

2. Forma das lentes

Existem diferentes tipos de lentes com diferentes funções, designadas e desenvolvidas para cada tipo diferente de fim, em um meio onde seu índice de refração seja maior que o elemento em que está imerso.
Lentes biconvexas, plano-convexas ou côncava-convexas o comportamento da luz será de convergência, portanto, estas lentes são nomeadas de "convergentes"ou "lentes de bordas finas ou delgadas“.
Lentes bicôncavas, plano côncavas ou convexo-côncavas, o comportamento da luz será de divergência, portanto, estas lentes são nomeadas de "divergentes" ou "lentes de bordas grossas ou espessas“.

Lente Biconvexa
 

É convexa em ambas as faces e tem a periferia mais fina que a região central, seus elementos são:
*
*
*
*
**
*

 Lente Plano-convexa
 

É plana em uma das faces e convexa em outra, tem a periferia mais fina que a região central, seus elementos são:
*
*
*
*
*
*

Lente Côncavo-convexa

Tem uma de suas faces côncava e outra convexa, tem a periferia mais fina que a região central. Seus elementos são:
*
*
*
*
*
*
*

LenteBicôncava

É côncava em ambas as faces e tem a periferia mais espessa que a região central, seus elementos são:
*
*
*
*
*
*
*

Lente Plano-côncava

É plana em uma das faces e côncava em outra, tem a periferia mais espessa que a região central, seus elementos são:
*
*
*
*
*
*

Lente Convexo-côncava

Tem uma de suas faces convexae outra côncava, tem a periferia mais espessa que a região central. Seus elementos são:
*
*
*
*
*
*
*

 

3. Nomenclatura das lentes
Para seguir um padrão na nomenclatura das lentes é convencionado usar como primeiro nome o da face de maior raio de curvatura seguido do menor raio, já que a mesma lente pode ter um lado côncavo e outro convexo.

4.Comportamento Óptico

Quanto ao comportamento de um feixe de luz ao ser incidido sobre uma lente podemos caracteriza-las como divergentes ou convergentes, dependendo principalmente dos índices de refração da lente e do meio. Quando um feixe cilíndrico de raios paralelos incide sobre uma lente esférica, esta pode ter dois comportamentos ópticos distintos.

A prática mostra que:

I. Se o material deque é feita a lente for mais refringente do que o meio onde ela está imersa, são convergentes as lentes de bordos finos e divergentes as lentes de bordos grossos.

II. Se o material de que é feita a lente for menos refringente que o meio onde ela está imersa, são convergentes as lentes de bordos grossos e divergentes as lentes de bordos finos.



4.1 Lentes esféricas convergentes
 
Em umalente esférica com comportamento convergente, a luz que incide paralelamente entre si é refratada, tomando direções que convergem a um único ponto.
Tanto lentes de bordas finas como de bordas espessas podem ser convergentes, dependendo do seu índice de refração em relação ao do meio externo.
O caso mais comum é o que a lente tem índice de refração maior que o índice de refração do meio...
tracking img