Fisica III

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1421 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
FAMEC – FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI





Larissa Santos Coelho
Ana Paula
Tailine S. Dias





Relatório do experimento prático II de Física III











CAMAÇARI
2013
Larissa Santos Coelho
Ana Paula
Tailine S. Dias





Relatório doexperimento prático II de Física III

Relatório de Pesquisa apresentado junto ao curso de engenharia da faculdade metropolitana de Camaçari FAMEC à disciplina de Física III referente ao experimento físico II da 2ª Unidade do IV° semestre de 2013.2.

Orientador: Prof. Regis Isael












CAMAÇARI
2013

Objetivo

Mostrar os princípios básicos da instrumentação para medidas dacorrente e diferença de potencial.Colocando em debate os valores teóricos com os valores práticos.
























Introdução


A medida da corrente e diferença de potencial em um circuito é da maior importância em trabalhos de eletricidade. São essas grandezas que serão medidas em todos os laboratórios básicos de eletricidade. O entendimento do significadodessas grandezas e os aparelhos utilizados para medi-las é o objetivo central deste experimento. Quase todas as experiências de eletricidade, envolvem montagem de circuito e medidas de tensões e de correntes elétricas. Por essa razão, é importante que se familiarizar com os aparatos que permitam medir estas grandezas elétricas. Esses aparatos instrumentos são :o protoboard , multímetro , uma pilha, resistores e um fio .


















Resumo

A Matriz de Pontos (nome genérico) ou Protoboard (marca registrada) consiste de pontos ligados internamente possibilitando a montagem de componentes e circuitos integrados sem que seja necessário usar solda.
Os dispositivos que medem corrente, diferença de potencial e resistência são chamados de amperímetros,voltímetros e ohmímetros respectivamente. Muitas vezes os três medidores estão incluídos em um único instrumento denominado multímetro que pode ser selecionado para ser usado como um ou como outro.


















Orientações:

Resistência equivalente

Sabendo-se a resistência equivalente desse circuito pode-se determinar qual é o valor da queda de tensão no mesmo. Quantomaior a tensão a ser medida maior será o valor de Rv.

A diferença de potencial em um resistor é medida colocando-se um voltímetro no resistor, em paralelo com ele, para que a queda de potencial seja a mesma no voltímetro e no resistor.O voltímetro reduz a resistência entre os pontos a e b, aumentando, assim, a corrente total no circuito e variando a queda de potencial no resistor. O voltímetrodeve ter uma resistência extremamente elevada para que seu efeito na corrente do circuito seja desprezível
Resistores
O resistor é um dispositivo bastante utilizado em equipamentos elétricos e circuitos eletrônicos, cujas aplicações principais são: geração de calor, limitação da corrente elétrica e produção de queda de tensão.
Seu funcionamento baseia-se na resistência à passagem dacorrente elétrica, a qual gera calor por efeito Joule e uma queda de tensão em seus terminais.
A unidade de medida da resistência elétrica é o Ohm (Ω), sendo muito empregados seus múltiplos: kΩ e MΩ, que correspondem, respectivamente, a mil ohms e um milhão de ohms. 
Os resistores podem ser construídos utilizando-se carvão, silício ou ligas metálicas.
Resistores de carvão são muitoutilizados em eletrônica, enquanto que os de ligas metálicas são utilizados em resistores de potência, reostatos e em aquecedores. Os resistores de silício são construídos no interior de circuitos integrados.
Na imagem abaixo encontram-se ilustrados três tipos de resistores mais utilizados em circuitos eletrônicos:
Resistores de Carvão: São os mais antigos e geralmente mais baratos. Neles, os...