Fisica experimental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1705 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
DEPARTAMENTO DE FÍSICA
CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

Adyllyson Heverton Gomes do Nascimento

VELOCIDADE DE LANÇAMENTO DE UM PROJÉTIL.

João Pessoa, 03 de março de 2013.
Adyllyson Heverton Gomes do Nascimento

VELOCIDADE DE LANÇAMENTO DE UM PROJÉTIL.

Relatório apresentado como resultado,
por meios de cálculos e relações da física,
a determinaçãoda velocidade de lançamento
de um projétil, afim de comparações.

João Pessoa, 03 de março de 2013.
RESUMO

Nosso objetivo principal é determinar a velocidade inicial de um projétil de duas maneiras: Lançando-se horizontalmente um projétil e pelo pêndulo balístico (canhão de mola). Relatar acontecimentos da física como a conservação da energia mecânica e do momento linear em nossoexperimento. Observar os possíveis erros ao se determinar as velocidades em determinadas condições e os erros cometidos em relação a cada medida.

Palavras-chave: Velocidade, projétil, pêndulo balístico, física.

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO .................................................................................................................... 5

2 DESENVOLVIMENTO...................................................................................................... 7

2.1 RESULTADOS ................................................................................................................... 7

3 CONCLUSÕES .................................................................................................................. 11

1. INTRODUÇÃO

Nosso experimento consiste emdeterminar a velocidade inicial de um projétil de duas maneiras, pois bem: a 1ª maneira determina-se por lançamento de projétil sob ação da gravidade. É disparada horizontalmente uma bola de metal, por um canhão de mola, de uma altura (H) em relação ao solo, a bola alcança uma distancia (R) em relação ao ponto inicial do canhão de mola. A bola cai em cima de um papel carbono para demarcar o localonde a bola de metal caiu. Primeiro fizemos um disparo para ter uma ideia onde a bola cairia, logo em seguida fizemos um novo disparo para demarcar onde a bola caiu e assim fizemos uma linha de referência para que os demais disparos sejam comparados com esta, assim se o próximo disparo passar dessa linha somava-se a diferença ao valor da distancia obtido antes e se não passasse subtrai-se adiferença. A altura (H), em que o canhão de mola está em relação ao solo, é medida prolongando-se o eixo horizontal, para que a mesa ao qual está o canhão de mola não atrapalhe na medida, e com o auxílio de uma trena (que tem por resolução 0.05cm) medi-se a altura em relação ao solo. Com uma linha de prumo faz-se uma prolongação no eixo vertical do canhão de mola em relação ao solo, ou seja, faz-se umamarca no chão para que possa ser medida a distancia (R). Em seguida com uma trena medi-se a distancia (R) que o disparo alcançou até o papel carbono, as demais medidas são feitas com uma régua (que tem por resolução 0.05cm) em relação à linha de referência feita antes. Foram feitas marcas nos cotornos do canhão de mola e do papel carbono, pois como os disparos são bruscos eles podem sair do local eassim afetar o procedimento experimental. A velocidade inicial é dada por: v0 = Rg2H. A aceleração da gravidade é considerada: g=9.8m/s². Foram feitas 10 medidas em relação a cada medição para que se possam minimizar os erros.
A 2ª maneira de se determinar a velocidade inicial é pelo pêndulo balístico com canhão de mola. Dispara-se uma bola de metal no pêndulo, ao qual ficará presa neste, eassim alcançará uma altura (h) após sofrer colisão inelástica, que é por meio dessa altura que se pode determinar a velocidade. Para começo do experimento deve-se ter a massa da bola de metal e do pêndulo, a bola de metal, portanto, é pesada em uma balança (que tem por resolução 0.05g) e a do pêndulo já vem informada no próprio equipamento e ainda supondo que toda massa reside no cilindro. E assim...
tracking img