Fiolosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (929 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
METAFÍSICA — I

ARISTÓTELES até, os empíricos acertarem melhor do que os que possuem a noção, mas não a experiência. E isto porque a experiência é conhecimento dos singulares, e a arte. dosuniversais; e, por outro lado, porque as operações e as gerações todas dizem respeito ao singular. Não é o Homem, com efeito, a quem o médico cura, se não por acidente, mas Cálias ou Sócrates, ou a qualquerum outro assim designado, ao qual acoute ceu também ser homem s . (7) Portanto, quem possua a noção sem a experiência, e conheça o universal ignorando o particular nele contido, enganar-se- á muitasvezes no tratamento, porque o objeto da cura é, de preferência, o singular. No entanto, nós julgamos que há mais saber e conhecimento na arte do que na experiência, e consideramos os homens de artemais sábios que os empíricos, visto a sabedoria acompanhar em todos, de preferência, o saber 6 . Isto porque uns conhecem a causa, e os outros não. Com eleito, os empíricos sabem o "quê", mas nao o"porquê"; ao passo que os outros sabem o "porquê" e a c a u s a ( 8 ) Por isso nós pensamos que os mestres-deobras, em todas as coisas, são mais apreciáveis e sabem mais que os operários, pois conhecem ascausas do que se faz, enquanto estes, à semelhança de certos seres inanimados, agem. mas sem saberem o que laicm. tal como o fogo (quando| queima. Os seres inanimados executam, portanto, cada uma dassuas funções em virtude de uma certa natureza que lhes é própria, e os mestres pelo hábito. Não são, portanto, mais sábios os [mestres) por terem aptidão prática, mas pelo fato de possuírem a teoria econhecerem as causas. (9) Em geral, a possibilidade de ensinar é indício de saber; por isso nós consideramos mais ciência a arte do que a experiência, porque (os homens de arte| podem ensinar e osoutros não. Além disto, não julgamos que qualquer das sensações constitua a ciência, em- < bora elas constituam, sem dúvida, os conhecimentos mais seguros dos singulares. Mas não dizem o "porquê" de...
tracking img