Fio das palavras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (585 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA
Instituto de Ciências Humanas
Curso de Psicologia








RESENHA:
O fio das palavras





Ana Paula da Silva RA: A02FJE2
Arlinda Araceli Almeida TrindadeRA: A218670
Jéssica Padiglione RA: 4395719
Líria dos Reis Silva RA: A25IHS0
Márcia Comini RA: A011617
Nádia Camargo Ferreira RA: A03IGE5
Renata Ferreira Simonetti RA: A077839JUNDIAÍ
2011
UNIVERSIDADE PAULISTA
Instituto de Ciências Humanas
Curso de Psicologia







RESENHA:
O fio das palavras







Trabalho realizado àProfa. Dra. Karine Cambuy, à disciplina Fenomenologia em Existencialismo na Psicologia, em conjunto com o seminário apresentado em sala de aula do 5º/6º semestre de Psicologia (Noturno) da Unip –Jundiaí.








JUNDIAÍ
2011
RESENHA




Introdução – Renata


O livro O fio das palavras (CANCELLO, 1991) tem o objetivo de contribuir para o aumento da bibliografiasobre psicoterapia existencial disponível em português, destinado, principalmente, aos alunos de Psicologia, no período do curso quando acontecem os embates com a diversidade de escolas depsicoterapia. Porém o conteúdo é acessível também para profissionais da área, assim como leigos interessados.




Define-se psicoterapia? – Renata


Para o autor, definir Psicoterapiaobjetivamente parece escapar do seu campo de estudo. Abrange, além de um acontecimento, um envolvimento entre duas pessoas, permeado pela linguagem (CANCELLO, 1991, p. 16). O terapeuta pode tentarformalizar e observar seu fenômeno o mais objetivamente possível, mas suas considerações serão permeadas pela proximidade afetiva e distanciamento temporal da cena. Ainda persiste a indefinição de tal prática.A pergunta que o autor faz é como pode alguém aprender tal arte, e se tornar um especialista? Se a psicoterapia é algo sem definição objetiva.
O percurso do psicólogo é complexo, ele...
tracking img