Filtros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

1 --Filtros Analógicos 1 Filtros Analógicos
1.1 --Definição 1.1 Definição
nUm

filtro eléctrico é uma rede selectiva na frequência, que actua sobre a amplitude e/ou a fase do sinal de entrada, dentro de um dado intervalo de frequências, não influenciando sinais cujas frequências se encontrem fora desse intervalo.
nAbanda de frequências que passa pelo filtro sem sofrer alterações é designada por Banda de Passagem.
nA

banda de frequências que é influenciada pelo filtro tem a designação de Banda de Atenuação.
Octávio Páscoa Dias

1

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

1.2 --Tipos de Filtros 1.2 Tipos de Filtros
n

Os filtros podem ser classificados de acordo com osseguintes tipos: a) Filtro Passa Baixo (LP); b) Filtro Passa Alto (HP); c) Filtro Passa Banda (BP); d) Filtro Rejeita Banda (BR)

.

e) Filtro de Desvio de Fase (All Pass Filter - AP)

Octávio Páscoa Dias

2

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

1.3 --Filtros Ideais ––característica de ganho 1.3 Filtros Ideais característica de ganho Filtro Passa Baixo(LP) Filtro Passa Baixo (LP)
ω p freqência de passagem
G(ω )

ω s frequência de corte

ω p ≡ ωs
Comportamento do Ganho do LP ideal
Octávio Páscoa Dias

ω

3

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

Filtro Passa Alto (HP) Filtro Passa Alto (HP)

G( jω )

ω s freqência de corte ω p frequência de passagem

ωs ≡ ω p
Comportamento do Ganho do HPideal
Octávio Páscoa Dias

ω

4

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

Filtro Passa Banda (BP) Filtro Passa Banda (BP)
ω s1 freqência inf erior de corte ω s2 frequência sup erior de corte
G ( jω )

ω p1 frequência inf erior de passagem ω p2 frequência sup erior de passagem

ωs1 ≡ ω p1

ω p2 ≡ ω s2

ω

Comportamento do Ganho do BP ideal
OctávioPáscoa Dias

5

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

Filtro Rejeita Banda (BR) Filtro Rejeita Banda (BR)
ω p1 freqência inf erior de passagem ω p2 frequência sup erior de passagem
G ( jω )

ω s1 frequência inf erior de corte ω s2 frequência sup erior de corte

ω p1 ≡ ω s1

ω s2 ≡ ω p 2

Comportamento do Ganho do BR ideal
Octávio Páscoa Dias

6 Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

Filtro de Desvio de Fase (all pass filter --AP) Filtro de Desvio de Fase (all pass filter AP)

G ( jω )

Φ (ω ) [º]

0
π 2 π − 2N 2 −N

ω0

ω [rad/s]

ω

Comportamento do Ganho do AP ideal N é a ordem do filtro
Octávio Páscoa Dias

Comportamento da Fase do AP ideal

7

Curso de Engenharia Electrónica e deComputadores - Electrónica III

1.4 --Filtros Reais 1.4 Filtros Reais

n

No conceito de filtro ideal considera-se que nas bandas de passagem não existe atenuação (atenuação nula), e que nas bandas de atenuação a transmissão é nula (atenuação infinita), e que existe uma transição abrupta entre as bandas de passagem e as bandas de transição;
n

Os circuitos físicos que implementam os filtrosreais não podem realizar as características dos filtros ideais. De facto, nos filtros reais verifica-se a existência de Bandas de Transição entre as bandas de passagem e as bandas de atenuação.

Octávio Páscoa Dias

8

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

1.4.1 --Filtros Reais ––característica de ganho 1.4.1 Filtros Reais característica de ganho FiltroPassa Baixo (LP) Filtro Passa Baixo (LP)
G ( jω ) [dB] 0
AMax
Amin

Gmin
GMax ω [rad / s]

0

ωp

ωs

Comportamento do Ganho do LP real
Octávio Páscoa Dias

9

Curso de Engenharia Electrónica e de Computadores - Electrónica III

Filtro Passa Alto (HP) Filtro Passa Alto (HP)
G ( jω ) [ dB] 0
AMax
Amin

Gmin
GMax

ωs

ωp

ω [ rad / s ]

Comportamento do Ganho do...
tracking img