Filosofos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4763 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ADMINISTRAÇÃO
ALINE, BRUNA, JANAINA, LUCILENE,
LUIZ CARLOS, MARIA EVANI, WESTON








ÉTICA DOS MAIORES MESTRES ATRAVES DA HISTORIA
I. IDADE GREGA: NASCIMENTO DA ETICA










FORMOSA-GO
2010

ALINE, BRUNA, JANAINA, LUCILENE,
LUIZ CARLOS, MARIA EVANI, WESTON












ÉTICA DOS MAIORES MESTRES ATRAVES DA HISTORIA
IDADE GREGA: NASCIMENTO DAETICA


Trabalho de pesquisa de filosofia apresentado a Faculdade Cambury unidade de Formosa Goiás como parte do currículo para obtenção ao título de bacharel em administração.
Orientador: M Aparecida Cagnoni Santanna




FORMOSA-GO
2010
Introdução

A filosofia tem uma históriade mais de dois mil e quinhentos anos. Foi na Grécia Antiga que esta ciência surgiu e tomou as primeiras proporções. Embora vivessem em cidades-nações distintas e rivais entre si, os gregos conseguiram desenvolver uma comunidade única de língua, religião e cultura, que foi responsável pelo grande avanço da ciência na Idade Antiga. A genialidade grega foi responsável pelo avanço de diversas áreasdo conhecimento, como artes, literatura, música e filosofia. Os pensadores gregos influenciaram de tal forma a filosofia Ocidental que ao nos referirmos a ela estamos falando, essencialmente, da própria filosofia grega. Até a palavra "filosofia" é grega e vem de, "amigo", e "sabedoria".A filosofia começou quando soluções míticas para questões sobre a origem e a natureza do Universo foramconscientemente substituídas por explicações naturais, racionais, inteligíveis e existentes dentro dos limites do próprio Universo. Esse processo começou na Grécia, mais ou menos no fim do século -VII, e evoluiu durante cerca de 1.000 anos, até o início do século VI, mais ou menos. Esse longo caminho pode ser dividido em três grandes períodos, determinados em relação ao ateniense Sócrates, um dos maisimportantes filósofos de todos os tempos. Podendo ser dividida em três fases: período pré-socrático, socrático e helenístico. O período socrático(-400/-100) foi caracterizado pela mudança em relação ao objeto de estudo da filosofia, passando da metafísica para o homem em si a preocupação com o homem. Esse caráter antropológico se deu através dos três principais filósofos gregos: Sócrates, Platão eAristóteles. Embora o pensamento grego tenha terminado oficialmente no início do século VI, sua influência impregnou o Cristianismo, atravessou a Antiguidade, a Idade Média, o Renascimento e chegou até nossos dias...O âmbito da habitação e governo do povo grego sofreu várias mudanças através dos anos e, como consequência, a história da Grécia reflete essa elasticidade. Cada era, cada período, tem suaspróprias esferas de interesse.




I. IDADE GREGA: O NASCIMENTO DA ETICA

Quem é justo e bom, seja homem ou mulher, é feliz e o injusto é infeliz. Não é possível que, ao homem bom, aconteça algum mal nem na vida e nem na morte: os deuses dele se ocupam. (Sócrates).

Platão: ética da transcendência

1 - Contexto geral da filosofia de Platão

1.1 - O destino de SócratesCom Sócrates a filosofia alcançou um novo marco, um novo momento originário e inaugural: pela primeira vez, o homem tornou-se tema da reflexão filosófica.
Nas conversas e discursos, nas ruas e praças de Atenas, Sócrates insistia na necessidade de restaurar a imagem do homem, que deveria voltar a sua interioridade, "conhecer a si mesmo", e recuperar seu valor e dignidade moral.Portanto, a ética nasce com os temas centrais, nunca esgotados, do bem, da virtude, do valor da pessoa e da sociedade justa. É esta a pregação ética e política que Platão, na idade de 20 anos, ouviu e aprendeu do mestre Sócrates.
A ética nasceu nas praças, na análise dos fatos negativos que Sócrates via e vivia.
Sócrates maduro e o jovem Platão lamentavam o declínio do esplendor de Atenas, as...
tracking img