Filosofo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (511 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
· MICHEL FOUCAULT (1926-1984):
Segundo Michel Foucault, as sociedades modernas apresentam uma nova organização do poder que se desenvolveu a partir do século XVIII. Nessa nova organização, opoder não se concentra apenas no setor político e em suas formas de repressão, pois está disseminado pelos vários âmbitos da vida social. Para esse filósofo, o poder fragmentou-se em micropoderes etornou-se muito mais eficaz.
Assim, sem se deter apenas no macropoder centrado no Estado, Foucault analisou esses micropoderes que se espalham pelas mais diversas instituições da vida social. Isto é, ospoderes exercidos por uma rede imensa de pessoas que interiorizam e cumprem as normas estabelecidas pela disciplina social.
Adotando essa perspectiva de análise, conhecida como microfísica do poder,afirma que “o poder está em toda parte, não porque englobe tudo” e sim “porque provém de todos os lugares”. Na vida cotidiana, segundo o filósofo, esbarramos mais com os guardiões dos micropoderes do quecom os detentores dos macropoderes.
Seu objetivo, como filósofo, foi o de colocar à mostra estruturas veladas de poder, tendo por inspiração Nietzsche. Tanto quanto este Foucault afirmou a relaçãoentre saber e poder.
Genealogia do poder
Foucault também desenvolveu seu método de pesquisa à maneira de uma genealogia, como fez Nietzsche. Semelhantemente ao filósofo alemão, adota como ponto departida a noção de que os valores são consagrados historicamente em função de interesses relativos ao poder dentro da sociedade.
E, na visão de Foucault, esse poder não seria essencialmente derepressão ou de censura, mas sim um poder criador, no sentido de que produz a realidade e seus conceitos. Explica seu entendimento de poder em seu livro Vigiar e punir: uma genealogia do poder:
É precisocessar de sempre descrever os efeitos do poder em termos negativos: ele “exclui”, “reprime”, “recalca”, “censura”, “discrimina”, “mascara”, “esconde”. Na verdade, o poder produz: produz o real; produz...
tracking img