Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3500 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Teorias sobre a Ideologia e a Ciência

Resumo:

Este trabalho tem como objetivo tornar mais compreensivas as noções de Ideologia e suas implicações no desenvolvimento de novas teorias democráticas. Tendo como base a discussão sobre Democracia em Joseph Schumpeter (através dos capítulos 21 e 22 da obra Capitalismo, Socialismo e Democracia) e a discussão sobre Ideologia em Marilena Chauí(através do capítulo Crítica e Ideologia, da obra Cultura e Democracia: o Discurso Competente e Outras Falas), procurarei discorrer sobre a relação entre desenvolvimento de uma nova teoria democrática e Ideologia, iniciando com uma análise histórica desta relação, passando por uma discussão sobre o papel da democracia nos tempos atuais, e finalizando com um questionamento sobre o papel da ideologiano desenvolvimento de teorias de poder.
Unitermos: Ideologia, Democracia, Teoria, Discursos, Classes sociais.

Abstract:

This work has as objective turns more understanding the notions of Ideology and its implications in the development of new democratic theories. It tending as base the discussion on Democracy in Joseph Schumpeter (through the chapters 21 and 22 of the work Capitalism,Socialism and Democracy) and the discussion on Ideology in Marilena Chauí (through the chapter Critic and Ideology, of the work Culture and Democracy: the Competent Speech and Other Speeches), I will try to discourse about the relationship between development of a new democratic theory and Ideology, beginning with a historical analysis of this relationship, going by a discussion on the paper of thedemocracy in the current times, and concluding with a subject on the role of the ideology in the development of theories of power.
Keywords: Ideology, Democracy, Theory, Speeches, Social classes.

A Ideologia é uma construção. Uma construção social, política e histórica. Já, desde os enciclopedistas, a ideologia foi considerada uma forma de concepção de mundo, produto das circunstânciassociais em que vivem os homens, ou seja, as condições materiais seriam responsáveis pela produção das idéias. Mas quem a produz? Para quem? Para quê? Como ela se mantém? Podemos escapar dela? A busca pelas respostas deve ter início fora da própria Ideologia.
As relações sociais se transformam ao logo do tempo, as sociedades se transformam ao longo do tempo. No entanto, a busca por uma origem dassociedades se torna impossível para o campo empírico, uma vez que a origem se encontra em tempos remotos, em paralelo com a própria organização entre os indivíduos (pois a partir do momento em que um grupo de pessoas institui o social, esse mesmo grupo já não era social para tanto?). Deste modo, uma vez que não se pode recorrer ao plano factual, parte-se para o campo teórico. Para Rousseau, porexemplo, o surgimento da vida social teria ocorrido através da opressão de alguns poderosos sobre os mais pobres a fim de submetê-los a uma unidade edificada em favor do enriquecimento desses mesmos poderosos. Para Hegel, esse surgimento foi possível graças à dialética negação-superação e conservação da família enquanto unidade natural, em sua passagem à sociedade civil, através do Direito objetivo e dapropriedade privada. Para Marx, esse surgimento só foi possível com o desenvolvimento da divisão social do trabalho. De todo modo, a questão das origens que justifiquem uma sociedade e sua ordem de coisas só poderá se tornar real por meio do pensamento, de uma idéia, de um conjunto racionalmente construído de símbolos que faça sentido e mantenha a ordem e a organização entre os indivíduos dessasociedade, com a promessa da garantia de uma identidade. Esse conjunto de idéias precisa tornar-se o tecido concreto que liga cada indivíduo em particular a um único propósito. Esse tecido precisa manter uma ordem, satisfazer as necessidades dos indivíduos, legitimar sua própria racionalidade e materializar-se, precisa ser real, precisa ser “o” real. Essa materialização do subjetivo, a fim de...
tracking img