Filosofia

Páginas: 2 (257 palavras) Publicado: 29 de janeiro de 2013
O UNIVERSO É INFINITO!


Depois pensemos nas seguintes possibilidades de idealização do tempo:



Nesta idealização temos uma Linha do Tempo, queimaginamos como correndo da Esquerda para a Direita. em vermelho temos o PASSADO, e em azul o FUTURO. O PRESENTE, representado em verde, seria um intervaloinfinitamente pequeno entre o Passado e o Futuro, um evento instantâneo que transforma este último no primeiro.

Foi o filósofo Santo Agostinho que, noQuarto Século da Era Cristã, teve a ousadia de ser o primeiro a questionar a natureza do tempo e perceber uma estranha contradição. Parece que o Tempo, de umacerta forma, não existe, pois o Passado não existe mais, o Futuro ainda não existe, e o Presente é infinitamente pequeno, sendo assim, como poderia existir?Mas não foi por acaso que citei esse grande filósofo, pois ao final de sua vida, sem dúvida, envolvido também nestas questões, ele se tornouDeterminista, isto é, alguém que acredita que o Futuro está definitiva e inalteravelmente escrito. Opinião que é compartilhada por muitas pessoas ainda hoje.

Estarepresentação do tempo, acima, expressa então o Pré-Determinismo, mais conhecido por Destino, que é ideia de que todos os eventos do futuro já estãodefinidos e não podem ser evitados. Uma forma de expressar isso é exatamente pensando no tempo como uma linha por onde corre o presente. Agostinho, que era umfilósofo cristão, se apercebeu que isso trazia um grande problema para a ideia de Livre-Arbítrio, pois como podemos ter escolha se todo o futuro já está definido?
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia
  • filosofia
  • filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!