Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1608 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO
DEPARTAMENTO DE AGROTECNOLOGIA E CIÊNCIAS SOCIAIS
FILOSOFIA DA CIÊNCIA E METODOLOGIA CIENTÍFICA

ATIVIDADE I DA UNIDADE I

Professor: Remerson R. Martins
Turma: Tarde
Componentes:
Daniel Ricardo Araújo Amaro
João Paulo Câncio Soares

MOSSORÓ, RN
A) Esquema do texto “A Ciência”

1. Introdução
2.1.“Ensaio-e-erro”
2. Senso comum e conhecimento científico
3.2. O senso comum (conhecimento vulgar)
3.3.1. Experiência
3.3.2. Experimento
3.3. O conhecimento científico
3.4.3. Causalidade
3. Abordagem histórica da evolução da ciência
4.4. Introdução
4.5.4. Ciências formais
4.5.5. Ciências fatuais
4.5. Idade Antiga4.6.6. Período Helenístico
4.6.7. Civilização Helênica
4.6.8. Civilização Romana
4.6. Idade Média
4.7.9. Teocentrismo
4.7.10. Autoritarismo
4.7. Idade Moderna
4.8.11. Antropocentrismo
4.8.12. Experimentalismo Científico
4.8. Idade Contemporânea
4.9.13. Metodologia científica

B) Resumo do texto “ACiência”

Hoje em dia a história, de forma errônea, trata da ciência como se fosse infalível e não errasse. Precisa-se entender que todos os sucessos da ciência foram precedidos de inúmeros fracassos, o processo de “ensaio e erro” é vivido cotidianamente pelos cientistas. Como exemplos podemos citar Thomas Edson e a lâmpada elétrica, Isaac Newton e a gravidade e Dr. Sabin e a vacina contra apoliomielite.
Como os cientistas erram e estão sempre fazendo correções, precisamos distinguir o conhecimento vulgar do conhecimento científico. Os cientistas sabem que não há nada definitivo e indiscutível apontado pelo homem na história da humanidade, princípios tidos como básicos em uma época tiveram que ser modificados em outra devido a novas descobertas. Partindo deste princípio o conhecimentocientífico “parte” do conhecimento vulgar e o dois são complementares. O senso comum é baseado na experiência, ou seja, é o conhecimento que provém da experiência comum das pessoas. Já o conhecimento Científico é baseado no experimento, é aquele que visa relacionar cada efeito a sua causa.
A evolução da Ciência pode ser relacionada com a própria periodização da história. Na idade antiga a civilizaçãohelênica mostrou preocupação com a natureza, porém a própria ética do povo grego não permitia o surgimento da experimentação, pois eles amavam mais a racionalização do que o trabalho manual. Assim, as ciências formais predominaram em relação às ciências fatuais na idade antiga, ou seja, enquanto os gregos conseguiram um grande desenvolvimento nas noções de matemática, esse desenvolvimento não foiverificado na área da física. Duas atividades que influenciaram muito no desenvolvimento da ciência na civilização helênica foram a Astronomia e a Medicina.
Na idade média a evolução científica ficou um pouco estagnada. Porém, obteve pontos muito altos nas criações teológicas e filosóficas, destacando-se as figuras de S. Agostinho, Santo Tomás de Aquino e Rogério Bacon. A época medieval é tida comoteocêntrica e o homem medieval buscava sempre a salvação de sua alma na vida após a morte. Esta época não foi muito boa para a ciência.
Já a idade moderna teve início com o Renascimento, que veio a colocar o homem como centro do significado histórico. Nesta época também teve início o experimentalismo científico, onde podemos destacar as figuras de Galileu, Da Vinci, Descartes, Pascal e Newton.Nesta época a ciência e a técnica conseguiram finalmente unir-se. Isto foi decisivo para o começo da ciência aplicada, da maneira como nós a entendemos hoje.
Nos dias de hoje a ciência e a técnica estão tão unidos que fica difícil falar de uma sem relacionar com a outra. A física, amparada pela matemática, desenvolveu instrumentos que possibilitaram grandes avanços tecnológicos. Porém, às...
tracking img