Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2110 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Nietzsche foi um grande filósofo que teve a coragem de expor questões antes nunca vistas. Ele contrariou idéias tidas como comuns na época e teve a ousadia de dizer que Deus não existia, quando a maior parte das pessoas era cristã. Criticou, ainda, Sócrates e Platão, a metafísica e a “moral dos escravos”, como ele mesmo se referia como sendo a mentalidade dos derrotados. Algumas desuas teorias incluem, ainda, a teoria do eterno retorno, o Dionisíaco e o Apolíneo, e o “Super Homem”. Nietzsche é considerado também um marco na psicologia, pois muitas de suas obras tratam de fenômenos típicos desta ciência. Porém, o mais importante da filosofia nietzschiana é a sua idéia de vida e a sua consciência de que existem valores especificamente vitais. Nesta expressão valores vitaisencerram-se duas das idéias que vão dominar a filosofia posterior. Nietzsche é uma das origens da filosofia dos valores e da filosofia da vida.
















CONTEXTO HISTÓRICO
Nietzsche nasceu em 1844, ano em que se desenvolvia e se expandia a primeira fase da Revolução Industrial (1780-1860). A partir de 1860, o aço suplantou o ferro, a eletricidade e o petróleo superaram ovapor e a Alemanha, país de origem desse grande filósofo, tornou-se uma das principais áreas de
concentração industrial.
Em 1848, um ano antes do pai e do irmão de Nietzsche morrerem, Karl Marx e Friedrich Engels inscreveram os seus nomes como os mais influentes
revolucionários da História Contemporânea ao publicarem O Manifesto
Comunista, que por sua vez encerrou a idéia da ditadura doproletariado. Foi
nesse mesmo ano que eclodiu uma crise do capitalismo na Europa
Centro-Ocidental devido às inúmeras revoluções liberais que ocorriam a todo
tempo.
Após o Congresso de Viena, existiam 38 Estados independentes que formavam a Confederação Germânica. A política internacional era coordenada por uma Dieta que se reunia em Frankfurt, sob a presidência da Áustria que,
juntamente,com a Prússia, era o estado mais importante. E foi na Prússia
que surgiu um governante chamado Guilherme I que ao fazer uma reforma
radical em suas forças armadas, convocou como ministro um hábil político
chamado Bismark, que entre outros cargos já tinha ocupado o de embaixador na
Rússia e na França. E foi devido a esse ato que a Prússia consegui vencer
três guerras e unificou a Alemanhaem 1870. Essa guerra pela unificação teve
como conseqüência o Tratado de Frankfurt, no qual a França perdeu a Alsácia
e parte da Lorena e ainda teve de pagar uma pesada indenização. Nietzsche
participou da guerra como enfermeiro, mas acabou adoecendo, com disenteria e
difteria. Essa doença pode sido a origem dos problemas de saúde que o
atormentou por toda a vida. Logo, ocorreu a GuerraCivil Francesa, e
queimaram-se os arquivos do museu do Louvre, localizado em Paris, Nietzsche
ficou inconsolado, pois considerou um crime contra a cultura.
No séc XIX, houve uma grande expansão colonial européia, em busca de
mercados e de matérias-primas, bem como pontos estratégicos nas colônias.
Esse movimento ficou conhecido como Imperialismo. A Alemanha, devido aos
problemas desua unificação política, apareceu tardiamente como
colonialista, na África. Os alemães conquistaram Togo, Camarões, o Sudoeste
Africano Alemão e a África Oriental Alemã. Após a Primeira Guerra Mundial, a
Alemanha perdeu suas colônias.
De 1871 até a morte de Nietzsche que ocorreu em 1900, a Europa viveu um
período de relativa paz, conhecido como Bela Época. Os progressos
científicos etecnológicos, as reformas sociais, a elevação do padrão de
vida, os progressos democráticos, o incremento da instrução de massa e o
expansionismo europeu no mundo denotavam o apogeu da Europa liberal e
capitalista.


















BIOGRAFIA E OBRAS DE NIETZSCHE

Friedrich Wilhelm Nietzsche nasceu em 15 de outubro de 1884 na Saxônia, que era província do império da...
tracking img