Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A obra “Política: Para não ser idiota”, é fruto do trabalho de dois grandes nomes da filosofia no Brasil: Mario Sergio Cortella e Renato Janine Ribeiro. MarioCortella é mestre e doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde também é professor titular do Departamento de Teologia e Ciências da Religiãoe da pós-graduação em Educação, além de professor-convidado da Fundação Dom Cabral e do GVPEC da FGV-SP, foi secretário municipal de Educação de São Paulo (1991-1992).Renato Janine é professor titular da cadeira de Ética e Filosofia Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo(FFLCH-USP); recebeu o Prêmio Jabuti em 2001, bem como foi condecorado com a Ordem Nacional do Mérito Científico, em 1998, e com a Ordem de Rio Branco, em 2009.
Emapertada síntese, os autores desenvolveram sua obra através de um diálogo que surgiu quando Cortella estava pensando sobre o conceito de idiota, palavra oriunda do gregoidiótes, que significa aquele vive apenas a vida privada, preocupando-se apenas consigo mesmo, não participando da política, e a partir disso desenvolvem vários temasrelacionados à política e seus rumos no contexto contemporâneo, como a participação dos cidadãos na vida pública, a questão da política como o ato de convivência coletiva,as liberdades individuais em face da vivência política, o descaso dos mais jovens com as questões poltícas, etc., um desdobramento e uma diversidade imensa de temasmuito pertinentes a todos nós, em uma discussão profunda e analítica destes temas, onde os autores apresentam suas opiniões, um emitindo juízo sobre a do outro.
tracking img