Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1002 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Marciele Monica de Oliveira Primon


A filosofia pré-socrática é a filosofia da natureza. Os pré-socráticos combinaram mitologia grega com o pensamento racional e buscaram todas as forças que compunham a natureza. Sócrates cresceu no ambiente do pensamento pré-socrático e absorveu seu conhecimento e sabedoria. A falta de um caráter antropocêntrico é a razão pela qual os pensadores,antes de Sócrates, são chamados pré-socráticos, já que Sócrates foi o primeiro a introduzir este elemento a sua linha de pensamento.
A principal questão, neste período, era: Qual é a natureza do cosmos? Com base nesta questão, os pensadores desta época formaram suas teorias e idéias sobre qual seria a arkhé (substância primária) do cosmos.
Para Tales de Mileto, o elemento primário docosmos era a água. Ele acreditava que a Terra é um disco plano que flutua em uma imensa extensão de águas e, que tudo sobre ela também se origina da água. Segundo ele, quando densa ela se tornaria terra, aquecido se transformaria em vapor, resfriada volta ao estado líquido, dando continuidade ao ciclo. O homem, as plantas e os animais precisam dela para sua sobrevivência. Enfim, de acordo comTales, tudo sobre a terra é formado ou necessita do líquido para viver.
Anaximandro, assim como Tales, veio de Mileto. Ele fez sugestões atrevidas questionando mitos, a sabedoria dos antigos, os céus e até o deuses. Ele era completamente racional em suas teorias, na busca de explicações naturais para fenômenos previamente descritos como sobrenaturais.
Ele defendia a teoria de que algoilimitado era o elemento primário do cosmos, isto é, algo que não era divino originava tudo que é necessário para a vida, principalmente a água, o ar, o fogo e a terra.
Anaxímenes, também de Mileto e discípulo de Anaximandro, defendia a teoria de que a arkhé do cosmos era o ar, baseando suas conclusões em fenômenos naturais como a rarefação e a condensação.
Já Pitágoras, nascido emSamos, próximo a Mileto, acreditava que os números eram a essência de todas as coisas e que o cosmos era regido por relações matemáticas.
Esses foram alguns dos principais filósofos pré-socráticos. Embora suas teorias se diferissem (cada um acredita que um elemento é a essência do planeta), todos eles usavam a natureza e seus elementos para explicar suas teorias, o que faz com quepertençam a mesma corrente filosófica. Infelizmente, nada dos trabalhos originais destes pensadores foi encontrado. Apenas fragmentos de palavras e testemunhas de suas teorias foram achados em artigos de outros autores antigos. Por causa de suas visões materialistas, os pré-socráticos também são conhecidos como ilusoístas, que vem do ilusoismo, uma doutrina filosófica na qual toda a matéria do universo éviva e o cosmos é um organismo material integrado.
Logo depois veio Sócrates, que iniciou a fase antropológica da filosofia, na qual o homem deixa de ver as coisas através dos elementos da natureza e passa a enxergar que vive em sociedade.
Sócrates, nascido em Atenas 470 a. C, foi um dos principais pensadores da Grécia antiga. Ele era visto, por seus contemporâneos, como um doshomens mais sábios e inteligentes de sua época. Suas idéias demonstraram a necessidade de levar conhecimento aos cidadãos gregos, assim utilizava o diálogo para transmitir sua sabedoria ao povo. Platão e Xenofontes foram dois de seus discípulos que semearam o conhecimento socrático aos seus povos, já que, ele próprio não deixou seus pensamentos escritos.
Crítico de vários aspectos da culturagrega, Sócrates defendia a idéia de que muitos costumes e crenças religiosas não ajudavam no desenvolvimento intelectual de seu povo e, por isso, não foi bem aceito pela aristocracia grega. Por causa de suas idéias inovadoras, atraiu a atenção de muitos, inclusive dos conservadores atenienses que, temendo mudanças drásticas na sociedade, demandaram a prisão de Sócrates. Este foi forçado a acabar...
tracking img