Filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A filosofia busca pela verdade.
O pensamento grego antigo, Sócrates é o pensador da antiguidade. O ser humano era levado em consideração, sobre tudo como biológico, com elemento do cosmo.
Para Platão a problemática que move toda a teoria platônica do conhecimento se baseia na distinção entre duas ordens de seres: as ideais e as coisas.
Na concepção platônica as idéias são seresperfeitos, que existem por si mesmos desde sempre e para sempre. Elas habitam um mundo perfeito, chamado por Platão de mundos das idéias. As coisas, por sua vez, são seres degradados, cópias imperfeitas das idéias eternas existentes no mundo das idéias eternas existentes no mundo das ideias.
Aristóteles, “em busca da felicidade”, defendia corpo e alma em um vínculo de dependência recíproca, istoé, para existirem, um depende do outro. A cultural medieval sofreu forte influência do cristianismo, uma religião cujos princípios os gregos ignoravam. A religião cristã, em muitos aspectos, era um obstáculo à livre reflexão filosófica. Se, por um lado, muitos pensadores desse período foram condenados por apresentarem idéias contrarias a fé cristã, por outro, inúmeros problemas teológicos serviamcomo estimulo à reflexão filosófica.
Uma das principais novidades do pensamento medieval em relação a filosofia grega antiga diz respeito à relação entre a razão humana e o conhecimento da verdade. Para o cristianismo, porém, a verdade não é “algo” é “alguém”: Deus.
No início da Idade Moderna, a igreja – e consequentemente a religião cristã  não exercia um papel tão acentuado na cultura doOcidente.
Para o racionalismo todo conhecimento verdadeiro deriva da pura razão.
 Sendo assim, essa corrente privilegia o método dedutivo.
Antes de afirmar algo como verdadeiro, era necessário explicar “como”, “por que” a razão poderia alcançar a verdade. A solução kantiana para o problema do conhecimento, contudo, não é definida. Se o sujeito exerce, um papel ativo no ato de conhecer é porqueele, de certa forma, o constrói como objeto de conhecimento. Com isso, Kant chega perigosamente próximo de negar a necessidade do objeto.
O naturalismo é uma tendência filosófica característica do período moderno postula um retorno a nós mesmos, à nossa verdadeira essência, entendendo que a civilização que construímos é um mundo artificial, representando a origem dos males morais e até mesmofísicos. O iluminismo representa o auge de um movimento de ruptura para com as tradições herdadas do período medieval.
Voltaire foi um dos maiores expoentes do iluminismo. Filosofo explicitamente a favor da reforma social francesa, criticou severa e acidamente os desmandos da Igreja e das instituições de seu país. Apesar de fundamentar seu sistema filosófico na noção de natureza humana, Voltaire nãovia uma oposição necessária entre natureza e civilização. O pensamento de Jean-Jacques Rousseau é difícil de sintetizar, pois ele escreveu ao longo de toda sua vida, mudando algumas de suas concepções fundamentais com a passagem do tempo.
Rousseau pregava acima de tudo, a liberdade de grilhões e dos males como os quais a sociedade, vem a nos assolar; célebre é a sua frase "Homem é bom pornatureza. É a sociedade que o corrompe”. Uma vez corrompido, o ser humano esta corrompido para sempre, não há possibilidade de retorno.
Augusto Compre, pensador francês da primeira  metade do século XIX, marcou o ínicio da filosofia positivista como seus escritos. Sua importância advém do fato de ter sido um dos primeiros autores a pensar a possibilidade e importância  de uma ciência da sociedade. Noentender de Comte, a sociedade apresenta duas leis fundamentais: a estática e a dinâmica sociais. Herbert Spencer, em particular, desenvolve uma filosofia na qual integra otimismo cientificista e nação de progresso de Augusto Comte com as teorias evolucionistas no capo da biologia
Considerado o "pai da sociologia", Émile Durkheim criou a associação dos conceitos de patologia e normalidade á...
tracking img