Filosofia e natureza humana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2104 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UPAP
UNIVERSIDAD POLITÉCNICA Y ARTÍSTICA
DEL PARAGUAY
Rectorado y Facultad de Estúdios de
Postgrado
Campus Ciudad Del Este
Ley 954/96

A FILOSOFIA E A NATUREZA HUMANA

HELINE TRENTO

TORNAR-SE AMIGO DA FILOSOFIA PARA CONQUISTAR O EXERCÍCIO DA LIBERDADE.

Pensar filosoficamente no mundo de hoje é uma maneira de reavaliar o modo do ser humano ser e agir na realidade, no lugaronde se encontra. Sabe-se que a filosofia tem suas origens na Grécia antiga, quando os primeiros filósofos se preocuparam com a busca de uma resposta para o cosmos, uma explicação que fosse capaz de responder qual foi a substância primordial a partir da qual tudo se originou.
Nota-se que a busca destas respostas pelos primeiros filósofos, foi uma tentativa de ir além das explicaçõesmitológicas apresentadas até então pela religião grega, que reduziam a realidade a explicações supersticiosas. As bases antropológicas da filosofia surgem como uma ruptura de paradigmas, um salto do pensamento de querer ir além das respostas apresentadas, muitas vezes de maneira superficial. E nisto reside hoje, a sua importância, em continuar perguntando, rompendo paradigmas e apontando novos caminhos poronde o homem possa continuar a construir-se em sociedade, fazendo a sua história.
Pensar na importância da filosofia é pensar na necessidade de pelo seu método de investigação da realidade, em discutir os fundamentos a partir dos quais o homem estabelece suas ações, modos de viver e de esse relacionar com o mundo. Esta questão hoje está um tanto esquecida pela ciência no seu modo mecânico,matemático e quantificável de conceber o homem no seu relacionar-se com o mundo. A filosofia vê no homem mais do que um mero indivíduo, mas como um ser capaz de pensar e intervir no mundo de modo criativo, entendendo sua existência como uma oportunidade de ser com os outros, ou seja, tornar-se autêntico, livre, mas com compromisso e dever num ambiente coletivo. Para Buzzi (2001)O mérito da filosofia consiste justamente em procurar na noção da existência o meio de pensar a condição humana. A existência é movimento pelo qual o homem está no mundo, comprometendo-se numa situação física e social que se torna sua visão de mundo. (p.32).

E é nesta perspectiva que a reflexão filosófica se torna importante, na medida em que também consegue despertar o homem para oencantamento do mundo, de perguntar-se pelo porque da sua existência e do mundo com o qual se relaciona.
Toda a reflexão e atitude humana precisa comprometer o ser pensante com a realidade onde ele se encontra. Infelizmente nossa sociedade hoje, tornou-se uma sociedade do espetáculo, do barulho, da propaganda e do consumo. Mas onde está o ser humano no seu direito à dignidade, de construir-se emdireito e dever? Percebemos que a vida humana hoje se tornou descartável, instrumento de produção e lucro. Mas o homem é somente isso? É para isso que existimos? Quais são os nossos valores?
A filosofia na sistematização de seu pensamento nos convida a buscar uma ressignificação do modo que temos de conceber nosso existir no mundo. Para isso é preciso perguntar, investigar e construir umconhecimento que nos ajude a viver melhor e não para fins de dominação e exploração. Enfim, quer nos ajudar a compreender que no fundo, enquanto seres humanos, partilhamos de um mesmo e único destino: o de construirmo-nos a nós mesmos. Pois como diz Santo Agostinho, citado por Buzzi (2001):

Não vês que somos viajantes?
E tu me perguntas:
Que éviajar?
Eu respondo com uma palavra: é avançar!
Experimentais isto em ti.
Que nunca te satisfaças com aquilo que és
Avança sempre! Não fiques parado no caminho. (p.36).

E este é o grande desafio do filosofar. Ele nos convida a pensar, a descobrir um novo sentido para o mundo para além desta realidade hoje marcada...
tracking img