Filosofia e ética

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (567 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FIJ – FACULDADES INTEGRADAS DE JACAREPAGUÁ
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TPD

FILOSOFIA E ÉTICA

ANÁLISE SOBRE O TEXTO: O MITO DA CAVERNA

Este texto é uma visão de como podemos noslibertar da escuridão que nos aprisiona através da luz da verdade, uma metáfora perante a condição humana para com o mundo, no que diz respeito à importância do conhecimento e à educação como forma desuperação da ignorância. Um processo de consolidação de consciência, de um conhecimento que abrange duas essências: a das coisas imaginárias e a das idéias. A realidade está no mundo das idéias,porém a maioria da humanidade vive na condição da ignorância, no mundo das coisas imaginárias um mundo ilusório das coisas sensíveis às quais são mutáveis, não são necessárias e, por isso, não são objetosde conhecimento. Este mundo das idéias, percebido pela razão, está acima do sensível (dominado pela subjetividade) que só existe na medida em que participa do primeiro, sendo apenas sombra dele. Éuma analogia entre aptidão para ver e aptidão para conhecer, exercício da visão e exercício da razão e entre faculdade da visão e faculdade da razão. Há aí, também, uma relação entre o mundo visível e omundo inteligível, sendo como já foi dito, o primeiro uma sombra do segundo. Feito isto, pode-se afirmar que, durante a descrição do mito, as fases pelas qual a visão do sujeito passa são as fasespelas quais passa a razão.
Muitas vezes, nos sentimos aprisionados, e permanecemos aprisionados por uma grande parte de nossas vidas, alguns até por toda a vida, pois nossos grilhões e ascorrentes da “caverna”(nossos preconceitos, crenças e até nossas opiniões) são partes da nossa ignorância que nos aprisiona, que não nos permite sair em busca do conhecimento, não nos permite pensar erefletir e não nos permite caminhar e poder analisar ou pensar sobre o que vemos, não nos permite “virar o pescoço” e olhar para os lados.
Preso em suas crenças às pessoas, na situação...
tracking img