Filosofia do direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1025 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Filosofia do Direito
Por: Flayne Anderson do Vale

* Conhecimentos Humanos
Os conhecimentos são infinitos, enquanto a vida é finita. Com essa afirmação fica claro que, é vão o esforço humano de tudo saber, assim como é fútil a tentativa de controlar, deter e dominar o conhecimento. Pois o conhecimento de renova, se multiplica. Especialmente a tendência moderna de reduzir todo oconhecimento a ciência. Contudo a Ciência não é um fim para si mesma, embora seja a base de uma série de progressos materiais do homem consigo mesmo e com a natureza. No entanto os conhecimentos não se reduzem ás evidencias científicas
As categorias básicas de conhecimentos humanos são:
* Senso Comum: É formado pelas noções superficiais, gerais e assimétricas sobre o mundo, absorvida pelo homemenquanto interage com o mesmo. O conhecimento de senso comum é um conjunto de juízos não aprofundados retirados da experiência cotidiana com as coisas.
* Religião: A fé é uma das manifestações humanas mais precoces na história dos tempos. Ã fé de qualquer forma liberta o homem da contingencia em que ele se encontra.
* Técnica: Sabendo que toda conquista humana vem acompanhada de um SaberFazer, a técnica representa o meio pelo qual se podem realizar determinadas atividades de interação e adaptação do homem com o meio em que vive.
* Arte: O senso estético desenvolve-se no homem como uma capacidade de interação simbólica com as coisas e de representação criativa dos objetos.

* Ciência: Manifestação racional humana que busca a causa dos fenômenos para explicá-los.

*Filosofia: Como as atividades dos pensamentos, a especulação distingue-se da mera observação passiva, da mera contemplação admirativa uma vez que postula, procura as causas primeiras, explica, critica... favorecendo a liberdade humana de pensar; a filosofia aparece como uma forma de busca racional para as questões que a própria ciência se julga importante para responder

* Bom Senso
O Bom sensoé a própria filosofia quando esta satisfaz a dupla condição de ser verdadeira ou orientada para o verdadeiro e compartilhada para muitos, pela massa. É a verdade tornada ideologia “orgânica” concepção do mundo que exprime implicitamente na arte, no Direito, na atividades econômica, em todas as manifestações de vida individuais e coletivas.

* A Filosofia da história da filosofia do DireitoA filosofia do Direito remonta aos primórdios da própria filosofia, isso significa que não somente o conhecimento sobre o Direito não é uma exclusividade dos juristas, mais que, sobretudo, se trata de um conhecimento do qual a filosofia se apropria livremente ao seu modo, ou seja, sem as exigências técnicas do saber Jurídico.
* A Filosofia Surge como saber autônomo
Seu surgimento se dá aolongo da própria História da modernidade, quando aos anseios pela definição social das espécies do saber humano se desenvolviam no sentido da tomada da autonomia humana diante do destino e da predisposição divina das coisas.

* Os principais pensadores que deram substância para a filosofia do Direito foram:
* Montesquieu
* Hobbes
* Locke
* Rousseau
* Kant

*Marco da autonomia da Filosofia do Direito
O marco é propriamente, a obra de Hegel na passagem entre os períodos jusnaturalismo e juspositivismo, especialmente a partir do Espectral título fundamental de Filosofia do Direito.

“Pensar a tarefa da jusfilosofia é pensar, sobretudo, o seu papel social no meio em que se encontra, pensar em sua inserção na “realidade fenomenal” , é se pensar na fluidezHeraclitiana dos fatos, perceber as possibilidades de ação que se possui, ao atuar criticamente sobre uma realidade marcada pela injustiça social.”

* As grandes Questões que envolvia a jusfilosofia segundo Arthur Kaufman
* Paz;
* Alimentos suficientes para todos;
* A questão da energia nuclear;

No Século XVIII acreditava-se que quanto mais a ciência se desenvolvesse mais a...
tracking img