Filosofia de platão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (673 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Justiça
Platão indaga-se sobre a definição para justiça ou para o justo. Qual dessas atitudes cabe melhor ao cidadão: o justo ou o injusto? Qual tem vida melhor? É a da vida ao justo, segundoPlatão.

O conceito de dar a cada um aquilo que lhe é próprio assume uma postura central dentro da organização da república platônica. Existe baseado nesta teoria um sistema educacional a fim de orientarcada um segundo suas aptidões. Os que possuem sensibilidade grosseira devem-se dedicar à agricultura, a produção, ao artesanato e ao comércio; cuidando da subsistência da cidade. Os que possuidores dacoragem constituem a guarda, a defesa da cidade, estes são os guerreiros. A última classe aponta é dedicada para aqueles que estudam a filosofia, disciplina que eleva a alma, a fim de atingir oconhecimento mais puro e é a fonte de toda a verdade, a estes caberiam a administração da cidade. Portanto dentro desta visão fica claro que a atitude do justo é de estar trabalhando dentro de suasaptidões. Para se formar um estado justo é necessário antes de tudo, que seus cidadãos sejam justos. Jamais poderia se conceber um estado justo com pessoas injustas ou o contrário. A formação da população vaideterminar como será o estado. Assim se entende toda a estrutura educacional do estado platônico – cada um deve ser direcionado segundo suas aptidões, desenvolvendo as virtudes que lhe são próprias eadequadas para aquilo que estão desenvolvimento.Política
Para Platão, a Cidade-Estado ideal deveria ser governada sem exceção por alguém que fosse dotado deuma formação filosófica rigorosa. Esse é o projeto político platônico. Segue a afirmação da sua crença sobre uma população ser governada por filósofo: "Os males não cessarão para os humanos antes...
tracking img