Filosofia 1

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1076 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Quem foi Sófocles?
Poeta e dramaturgo da Grécia Antiga. Nascido em Atenas, viveu entre 496 a.C. e 406 a.C. e é considerado um dos grandes representantes do teatro grego antigo.
2. Explique resumidamente a temática de duas importantes obras de Sófocles: Édipo em Colono e Antígona.
Ambas as obras formam, juntamente com Édipo Rei, a chamada Trilogia Tebana. Cronologicamente, a história deÉdipo em Colono ocorre após Édipo Rei e a última das três é Antígona.
Édipo em Colono descreve os últimos dias da triste vida de Édipo. Parte dos eventos da obra ocorre em Colono (inclusive a morte de Édipo), uma comunidade localizada no território de Atenas.
Antígona é a filha de Édipo e o nome da obra que encerra a Trilogia Tebana. Narra o conflito entre Creonte e Antígona, que desejava enterrar oirmão Policine. Creonte havia impedido o sepultamento ao promulgar uma lei que não permitia o enterro de quem atentasse contra o governo.
3. Pesquise sobre os antecedentes que marcaram a história de Édipo.
Édipo, no grego antigo, quer dizer “pés inchados” (referência aos ferimentos causados ainda quando era bebê). O personagem faz parte de uma linhagem que tem os “pés feridos”, os “pésvulneráveis” que não “pisam” bem no real. O avô de Édipo, Lábdaco, conhecido como o coxo, foi o terceiro rei de Tebas e é dele a origem do nome da Dinastia dos Labdácidas.
Lábdaco era neto de Cadmo, o fundador de Tebas, e assim como o pai, Polidoro, e o primo, Penteu, morreu ao tentar reprimir o culto das Mênades que ganhava extrema influência religiosa e política na cidade.
A profecia do assassinatocometido por Édipo, tem origem ainda na juventude de Laio, que foi amaldiçoado pelo pai de Crísipo (Pêlops), por ter se apaixonado por ele e o raptado. Mais tarde, quando Laio se casou com Jocasta o oráculo disse-lhe que, como castigo por sua paixão por Crísipo, caso tivesse um filho, este o mataria.
4. Elabore um texto resumindo a tragédia Édipo Rei.
Édipo era enaltecido por salvar Tebas dostributos à Esfinge. Recebeu o título de rei ao casar-se com Jocasta, viúva de Laio, o antigo monarca, cujo assassinato era ainda um mistério.
A velha cidade de Cadmo era assolada por várias pragas e, segundo o Oráculo do templo de Apolo (consultado por Creonte, irmão de Jocasta), a cidade só seria livrada do infortúnio quando o assassino de Laio fosse descoberto e punido. Édipo então amaldiçoa ocriminoso desconhecido e qualquer um que o acolhesse ou o acobertasse.
O cego Tirésias, “conhecedor dos mistérios profundos”, é então convocado para ajudar a esclarecer os fatos sobre a morte de Laio e, apesar de relutante, insinua que o criminoso é o próprio Édipo. Este se sente ofendido por tal declaração e pela resistência de Tirésias em fornecer mais informações e acusa Creonte de conspiração, jáque partiu dele a ideia de chamar o adivinho.
Jocasta aparta a discussão resultada das acusações de Édipo contra Creonte e conta àquele a previsão do oráculo que foi enviado a Laio, dizendo que ele seria morto pelo próprio filho. Entretanto, ela ainda acreditava que salteadores haviam matado o antigo rei, já que seu filho, ainda bebê, teve os pés amarrados e foi colocado sobre uma montanhainacessível. Édipo, então, lembra-se de ter vivido um episódio semelhante à morte de Laio, inclusive na mesma estrada. Lembra-se de ter atacado e matado um viajante velho e homens da comitiva, enquanto deixava a cidade de Corinto (motivado por uma profecia que o fazia acreditar que se casaria com Mérope, a própria mãe, depois de matar Políbio, seu pai).
Um servo que escapou do ataque contra Laio échamado para confirmar se eles realmente foram atacados por salteadores ou por apenas um homem. Antes que ele chegasse, um mensageiro de Corinto noticia a morte de Políbio, fala para Édipo que ele não era filho legítimo do finado e conta que ele mesmo o havia recebido de um pastor que se dizia servo de Laio. Ao chegar, o servo confirma que o bebê recebido pelo mensageiro era mesmo Édipo.
A...
tracking img