Filodofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
“Uma Filosofia para fora dela”

“Deitada eternamente em berço esplêndido”. Assim está a Filosofia. Muito me preocupa o caminho que a Filosofia contemporânea está traçando. Na verdade, o que nãodeveria ser, ou mesmo, acontecer, se estereotipa e, mesmo assim se autodenomina: “filosofia”. No que tange, não podemos tratar a Filosofia como algo secreto ou segregado a pontos subjetivos de grupos ou,de uma parte coletiva. Acontece que, a alienação adentrou as portas desta, ou melhor, já ultrapassou portão a fora, anunciando um perigoso desmoronar de “conhecimentos”. Para isto, basta observarmosquando interpelamos alguém sobre algum assunto, ou mesmo, sobre um determinado filósofo. Fico perplexo ao modo como alguns fazem suas apologias. Falo isso, porque vejo a Filosofia, não de baixo, masdo alto, como relata Jostein Gaarder, em seu livro “O Mundo de Sofia”: “(...). Só os filósofos têm ousadia para se lançar nesta jornada rumo aos limites da linguagem e da existência. Alguns deles nãochegam a concluí-la, mas outros se agarram com força aos pêlos do coelho e berram para as pessoas que estão lá embaixo, no conforto da pelagem, enchendo a barriga de comida e bebida (...).”

Pensoque a Filosofia vive num momento de “ostracismo” de faculdades cognitivas, não passando além das barreiras intelectuais. Há uma espécie de “campo de força invisível”, intrínseco daqueles que nãoconseguem libertasse das prisões e, não admitem a passagem ou anúncio do que seja “novo”.

O abismo em que a Filosofia está se encaminhando é profundo, e nele, há séculos o mundo vem caindo. No entanto,basta ao filósofo “vigiar” nesta sua impelida para não cair também neste abismo. E, ainda que, tropece ou escorregue e, caia, durante a sua queda terá vários ganchos em que possa se segurar e, jamaischegará ao fundo.

Todo homem é posto à prova na sua queda, tal como o filósofo. O grande diferencial está na maneira de como os dois se levantam. O primeiro, na sua queda não tem onde se segurar...
tracking img