filhos adotivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/102003365
Os Jovens Perguntam . . .
Como enfrentar os desafios de ser filho adotivo?
“Não sei nada, nada mesmo, sobre meus pais biológicos, e isso me entristece muito.” — Bárbara, 16.
“Eu não tenho a menor idéia de onde nasci ou de quem são meus pais. Às vezes, à noite, fico pensando nisso.” — Mateus, 9.
“Quando brigo com meus pais, fico me perguntando semeus pais ‘verdadeiros’ não seriam mais compreensivos. Sei que é horrível pensar assim, por isso nunca disse nada a respeito disso.” — Quintana, 16.
SEM DÚVIDA, a vida de um filho adotivo tem lá seus desafios. Boa parte dos jovens compartilha os mesmos sentimentos que os descritos acima. Muitos desses ficam na dúvida se devem ou não tentar descobrir quem são seus pais biológicos, ou se perguntamse a vida seria mais feliz se morassem com eles. E os desafios não param por aqui.
No último artigo sobre esse assunto, abordamos algumas conclusões negativas que alguns jovens adotados talvez tirem a respeito de si mesmos.* Combater esses pensamentos negativos é essencial para o filho adotado encontrar alegria de viver. Quais são, então, outros desafios que talvez surjam e, em termos práticos, oque você deve fazer para lidar com eles?

Como fortalecer o relacionamento com os pais adotivos
Ter um bom relacionamento com os pais adotivos requer muito mais do que honra e obediência. Provavelmente você aprecia um ambiente familiar caloroso e amável. Seus pais adotivos têm a responsabilidade de criar esse tipo de ambiente, mas você pode ter uma boa participação nisso. De que forma?
Emprimeiro lugar, procure se achegar mais a seus pais. Faça perguntas sobre eles, sobre a vida deles e seus interesses. Peça conselhos sobre algum problema que esteja lhe incomodando, escolhendo, para isso, uma ocasião em que eles estejam descontraídos e receptivos. (Provérbios 20:5) Em segundo lugar, procure colaborar com os deveres da casa, oferecendo-se para ajudar em algumas tarefas.
E seus paisbiológicos? Será que se você decidir procurá-los ou se eles o procurarem, isso inevitavelmente vai abalar seu relacionamento com seus pais adotivos? No passado, os órgãos de adoção muitas vezes se recusavam a dar informações que pudessem ajudar os pais biológicos a encontrar os filhos que haviam entregado à adoção, ou vice-versa. Hoje, em alguns países, as leis de adoção são mais liberais,permitindo que filhos adotados venham a conhecer seus pais biológicos, mesmo que nem se lembrem deles. É claro que as leis de adoção em seu país podem ser diferentes.
De qualquer forma, talvez não seja fácil, mas é uma decisão sua procurar ou não seus pais biológicos. As opiniões de filhos adotados variam nesse aspecto. Alguns anseiam conhecer os pais biológicos, outros não querem fazer isso em hipótesealguma. No entanto, pode ter certeza de que muitos filhos adotados entraram em contato com os pais biológicos sem que isso abalasse seu relacionamento com os pais adotivos.
Peça conselhos para seus pais adotivos e talvez para amigos maduros na congregação cristã. (Provérbios 15:22) Avalie cuidadosamente os prós e os contras e dê um tempo antes de tomar uma atitude. Provérbios 14:15 diz: “Oargucioso considera os seus passos.”
Se sua decisão for a de ter algum tipo de relacionamento com seus pais biológicos, esforce-se em deixar claro para os adotivos que você os ama e respeita. Dessa forma, à medida que vai conhecendo os responsáveis pelo seu nascimento, mas que o deram para a adoção, você também vai mantendo um vínculo estável com as pessoas que o criaram e educaram.http://www.plenamulher.com.br/capa.asp?ID_CAPA=51

Pais e filhos adotivos: desafios e conquistas na construção do vínculo afetivoA pessoa que passa a fazer parte de uma história de adoção carrega no imaginário uma bagagem sobre o tema que está ligada intimamente aos conceitos e preconceitos do grupo social do qual faz parte.
 
Desde sempre, adoção é um processo histórico e cultural. Está, portanto,...
tracking img