filariose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7904 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto






FRANCISCO MARTRUCELLI NETO –B55819-9






TRABALHO PARASITÓLOGIA: FILARIOSE







SÃO JOSE DO RIO PRETO
2013







TRABALHO PARASITÓLOGIA: FILARIOSE





Trabalho apresentado como requisito parcial à Disciplina Parasitologia, Curso de Farmácia, apresentado à UniversidadePaulista – UNIP


Prof. Fadúa




SÃO JOSE DO RIO PRETO
2013
FILARIOSE OU ELEFANTÍASE

Resumo

Na ordem Filariidea há uma grande quantidade de espécies parasitando o homem. São todos vermes finos e delicados, que parasitam o sistema circulatório, linfático, tecido subcutâneo, cavidade peritoneal ou mesentério.
Dasespécies que parasitam humanos apenas uma é originaria das Américas, a Mansonella ozzardi, e os outros são originários da áfrica e da Ásia. Existem nove espécies de filarídios, mas apenas três são encontradas no Brasil parasitando humanos: Onchocerca volvulus (Leuckart, 1893), Mansonella ozzardi (Manson, 1897) e Wuchereria bancrofti (Cobbold, 1877).
O filarídio W. bancrofti causa a filarioselinfática na sua forma sintomática mais avançada e tem grande importância em saúde publica, pois é endêmica em várias regiões tropicais como o Brasil, sendo estimada em um bilhão a população que vive em áreas com risco de contrair a infecção e em cento e vinte milhões o numero de infectados. Destes, noventa por cento são portadores de W. bancrofti. Este trabalho voltado mais especificamente para essaespécie de filarídio, tem o objetivo de explanar todos os seus aspectos particulares como a sua morfologia, biologia, patogenia, incluindo aspectos de distribuição geográfica, assim como seu diagnóstico, tratamento e medidas profiláticas.










INTRODUÇÃO

A Filariose é uma doença causada por um nematoda chamado Filaria levando à infecção dos nódulos linfáticos, também designada poredema linfático secundário.
Os parasitas adultos da filaria são germes sexuados (existem no sexo feminino e masculino) e residem nos nódulos linfáticos. É nos nódulos linfáticos que estes germes acasalam e produzem microfilaria (primeira fase larvar) durante oito anos.
O nematoda Filaria selecciona o hospedeiro mamífero e as espécies que usa como vector intermediário à infecção. Os mosquitosresponsáveis pela infecção no Homem são Aedes, Anopheles, Culex, Simulium Chrysops ou Mansonia. Aquando da picada por um destes mosquitos, o inseto ingere os microfilaria. Nos insectos, estes microfilaria desenvolvem-se (fase larvar infecciosa). E é na subsequentemente picada que a larva desenvolvida/amadurecida no mosquito é depositada na pele do Homem. Depois a larva entra no corpo humano e continua oseu processo de desenvolvimento até à fase final.
Ordem filariidea: grande número de espécies parasitando o homem e animais. Vermes finos e delicados. Parasitando o sistema circulatório, linfático, músculos ou cavidades serosas. Necessitam de um hospedeiro intermediário (artrópode).
Espécies que podem parasitar o homem:
Wucheria. Bancrofti , (Importancia Medica)
Brugia malyi,
Brugiatimori
Onchocerca volvulus (Importancia Medica)
Mansonella ozzardi
Dipetalonema perstans
Dirofilaria immitis
Loa loa
Dracunculus medinensis




O PARASITO
Wuchereria bancrofti é helminto da classe Nematoda, da Família Onchocercidae, do Gênero Wuchereri. Causa a Filariose linfática.
Apresenta como único hospedeiro definitivo o homem.
O agente etiológico responsável por essa infecção éo Wuchereria bancrofti. E tem como vetor o Culex quinquefasciatus.

TRANSMISSÃO
A transmissão é feita exclusivamente pela picada do Culex quinquefasciatus fêmea e entrada das larvas pela área lesada da pele por esse mosquito. Acredita-se que o estímulo necessário para a saída da larva da probóscida do vetor seja o calor corporal e que a alta umidade e o suor permita a progressão e a...
tracking img