Fieldbus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1929 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNESP [pic] UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

CAMPUS DE GUARATINGUETÁ

COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE GUARATINGUETÁ – CTIG UNESP

JÉSSICA THAIS FRUETT
FERNANDO AVERALDO

REDES INDUSTRIAIS - FIELDBUS

Trabalho apresentado na disciplina de Redes Industriais, 3º ano do Curso de Eletrônica, Colégio Técnico Industrial deGuaratinguetá - UNESP, orientador Prof. Thiago Bimestre

Março de 2011

SUMÁRIO

1 - INTRODUÇÃO ............................................................................ 2

2 - DESENVOLVIMENTO ................................................................ 3

2.1 - REDES INDUSTRIAIS – INTEGRAÇÃO INDUSTRIAL .......... 3

2.2 - O QUE É FIELDBUS?............................................................ 6

2.3 - VANTAGEM EM SUA APLICAÇÃO ........................................ 6

2.4 - APLICAÇÕES NA AUTOMAÇÃO ........................................... 7

3 - CONCLUSÃO ............................................................................. 8

4 - WEBGRAFIA .............................................................................. 8

1 – INTRODUÇÃOOs Sistemas de Integração da Manufatura, já são uma realidade nas indústrias modernas. A interligação de forma rápida, confiável e robusta é imprescindível para muitos processos de altos níveis de criticidade. O padrão Fieldbus foi criado com o intuito de definir especificações e normas diversas de forma a unificar os diversos padrões proprietários, facilitando, dessa maneira, a busca dasmelhores soluções de conexões de chão-de-fábrica.

A monografia a seguir tem por finalidade fornecer informações básicas sobre a tecnologia de redes FIELDBUS, bem como uma abordagem introdutória às Redes Industriais.

2- DESENVOLVIMENTO

2.1 - Redes Industriais - Integração Industrial

Sistema que traz baixo custo de implementação e manutenção oferecendo um maior controle das atividadesindustriais.

Informação atualmente é a palavra-chave em muitas empresas mundo afora. Não só as que trabalham diretamente com Informática, mas também as do ramo industrial estão sendo afetadas pelos avanços nas tecnologias de transmissão de dados. A integração entre os diversos níveis de equipamentos e sistemas de controle tem se tornado essencial para alcançar-se o aumento deeficiência, flexibilidade e confiabilidade dos sistemas produtivos.

Tal como nos outros mercados de comunicação de dados (Telefonia, Rádios, Emissoras de Televisão, Internet, etc), os sistemas de transmissão de dados nas indústrias começaram de forma bastante simples, utilizando conexões do tipo serial RS-232 e RS-485. Porém, com o passar do tempo, as indústrias foram desenvolvendo sistemasmais complexos, com tecnologias próprias, protocolos, softwares e hardwares apropriados para suas necessidades.

Redes industriais são essencialmente sistemas distribuídos, ou seja, diversos elementos trabalham de forma simultânea a fim de supervisionar e controlar um determinado processo. Tais elementos (sensores, atuadores, CLP's, CNC's, PC's, etc), necessitam estar interligados e trocandoinformações de forma rápida e precisa. Um ambiente industrial é, geralmente, hostil, de maneira que os dispositivos e equipamentos pertencentes a uma rede industrial devem ser confiáveis, rápidos e robustos.

Para implementar-se um sistema de controle distribuído, baseado em redes, há a necessidade de estudos detalhados acerca do processo a ser controlado, buscando-se o sistema que melhorse adéqüe às necessidades do usuário.

Os fabricantes de sistemas de integração industrial tendem a lançar produtos compatíveis com sua arquitetura própria, o que leva a graves problemas de compatibilidade entre as diversas redes e sub-redes presentes nos sistemas, em diversos níveis, equipamentos, dispositivos, hardware e software.

Essa é a vantagem das arquiteturas de...
tracking img