Fidadfs

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1290 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
likSOCIOLOGIA – UNIDADE I: a criação do campo do saber
O CONCEITO DE NATUREZA
“O conceito de ‘natureza’ é hoje determinado, em larga medida, pela forma e pela significação sociais que as ciências da natureza lhe conferiram. Mas essas ciências interessam-se apenas por um setor limitado do universo. [...] Se quisermos compreender isso a que se chama ‘natureza’, entretanto, será preciso levarmosem conta o fato de que os seres humanos [...] surgiram do universo físico. Numa palavra, teremos de incluir no conceito de natureza a capacidade que ela tem de produzir, no curso de processos cegos, não apenas reatores de hélio ou desertos lunares, mas também seres humanos.”
(ELIAS, Norbert. Sobre o tempo. Rio de Janeiro: Zahar, 1998. p. 12.)

CAPÍTULO 1. DA ERA PRÉ-CIENTÍFICA AO RENASCIMENTO1. O conhecimento como característica da humanidade
Ao observarmos as espécies de animais, percebemos a existência de regularidades comportamentais que caracterizam a vida de cada grupo. A preservação das espécies animais e seu aprimoramento parecem ser, como afirmou Darwin na teoria sobre a evolução das espécies, o objetivo desses hábitos de vida, da forma de convivência e da sociabilidade.O homem, como uma entre as várias espécies animais existentes, também desenvolveu processos de convivência, reprodução, acasalamento e defesa. Alguns são “instintivos”. Proveniente de sua bagagem genética demonstra também ser capaz de sentir medo, prazer ou frio e de estabelecer relações de amizade e parentesco. Ele também desenvolveu habilidades e comportamentos que não são genéticos, masculturais.
Quando falamos em cultura, estamos nos referindo a um conjunto de valores, crenças, padrões de comportamento e hábitos de vida que, apesar de geral e coletivo, varia no tempo e no espaço. A cultura não se desenvolve em um grupo de forma espontânea, mas é produzida historicamente, fruto da dinâmica da vida em comum. Para ser transmitida por uma geração para outra depende de aprendizado. Estassão as principais características do ser humano: viver de acordo com a cultura, desenvolver um sistema simbólico, comunicar-se através de complexo processo linguístico e transmitir conhecimento por meio da socialização.

Obs: nenhum setor da vida social prescinde dos conhecimentos sociológicos, pois a ação consciente e programada exige pesquisa, planejamento e método.

2. A EMERGÊNCIA DOPENSAMENTO CIENTÍFICO
Pensar cientificamente o ser humano e a vida social, entretanto, resultou de um lento processo pelo qual a ciência em geral e as ciências humanas em particular foram ganhando espaço e legitimidade. Os povos desenvolvem diferentes formas de explicação a respeito da vida, da natureza e da sociedade em que vivem, dependendo dos fatores sociais, da tradição, da influência deoutros grupos, da maior ou menor resistência cultural. No Ocidente, durante a Antiguidade, predominou o pensamento mítico e religioso que concebia o mundo como uma obra divina, submetida aos desígnios do criador.

O PENSAMENTO ESPECULATIVO GREGO
Entre os séculos IV e V a.C foram os gregos que, rompendo com o senso comum, com a tradição e com o pensamento mítico, desenvolveram uma reflexão laica eindependente, própria do espírito especulativo, que se debruçava sobre o mundo procurando entendê-lo em sua objetividade. Em consequência, acabaram por criar a filosofia e muitos dos campos do saber até hoje conhecidos, como a geometria e a astronomia. A consciência individual emancipava-se à medida que o homem grego constatava ser o destino o resultado da ação humana e não da vontade dos deuses edo respeito aos rituais sagrados. Crescia nele a percepção de si mesmo como um indivíduo dotado de razão e capaz de realizar ações inspiradas por ela.

3. A RAZÃO A SERVIÇO DO INDIVÍDUO E DA SOCIEDADE
Foi no Renascimento, com o desenvolvimento do comércio e de núcleos urbanos, que o pensamento científico se impôs. O Renascimento é um dos mais importantes momentos da história do Ocidente,...
tracking img