Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 46 (11475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
III Encontro ULEPICC-Br
Título do trabalho: A empresa da imprensa: de que liberdade de expressão se fala? Uma breve
discussão a partir da revista Carta Capital
Identificação do GT: GT5 – Teorias e Temas Emergentes
Autora: Patricia Bandeira de Melo – Doutora em Sociologia
Instituição de origem: Fundação Joaquim Nabuco

A empresa da imprensa: de que liberdade de expressão se fala?
Uma brevediscussão a partir da revista Carta Capital
Resumo
O objetivo deste artigo é de fazer uma discussão acerca da liberdade de imprensa a partir
de um estudo sobre o poder do jornalismo, baseada na economia política da comunicação e na
sociologia da comunicação. Nossa discussão parte de editoriais e artigos da revista Carta Capital
que tratam da própria mídia, constituindo-se num metadiscurso.Nossa reflexão posiciona a
imprensa como instituição promotora da integração cultural do país em torno de discursos sobre
inúmeros processos sociais. Se, de um lado, o jornalismo fomenta o experimento de fatos
distantes, de outro produz interpretações que, sendo redutoras, levam a compreensões
enganosas ou falaciosas sobre eles. A mediação torna a imprensa um espaço constitutivo da
históriamoderna da humanidade. Para conhecer o passado, a consulta aos jornais torna-se
relevante. Ao longo da história, o indivíduo foi estimulado a buscar informação, por curiosidade ou
por necessidade. Como o resultado de uma edição de jornal é fruto da luta simbólica entre a
objetividade anunciada da imprensa e a subjetividade subliminar do jornalista e da empresa
jornalística, o formato empresarialda mídia e sua dupla clientela – leitores, ouvintes ou
espectadores, de um lado, e anunciantes de publicidade, de outro – coloca em tensão sua missão
de informar ao público e a sua necessidade de aumento de capital. No início do século XX, Weber
falava da possibilidade de constituição de monopólios no setor como tendência de mercado.
Palavras-chave: indústria midiática, liberdade de imprensa,discurso, objetividade, imparcialidade.

Introdução – imprensa livre, objetividade e imparcialidade
Para que possamos fazer uma discussão teórica acerca da liberdade de imprensa é
necessário um estudo sobre o campo do jornalismo1, a partir das teorias desenvolvidas dentro da
área, construindo um vínculo com a economia política da comunicação. Historicamente, o
jornalismo pode ser definidocomo a atividade de divulgar informações voltadas para o público, de
forma mediada, periódica e organizada: é um ato discursivo direcionado a grupos diversos de
indivíduos, muitas vezes distantes entre si, mas que compartilham simultaneamente imagens e
informações. Como instituição, é associada às mudanças tecnológicas inauguradas com a criação
da tipologia por Gutenberg, no século XV2, numpercurso histórico em que a atividade se legitimou
como ação capaz de quebrar segredos e torná-los públicos de modo regular e simultâneo.
A imprensa ocupa o lugar do panóptico de Bentham, louvada no Iluminismo por traduzir a
ideia de transparência prevista por Rousseau. O olhar de Bentham é dominador e vigilante. O

1

Neste artigo, usamos as expressões jornalismo, mídia, imprensa, meios eveículos de comunicação como sentidos
intercambiáveis para nos referirmos às empresas de jornalismo.
2
A máquina impressora permitiu a reprodução de informações em escala e velocidade consideradas impossíveis para a
época. Os tipos de metal surgiram na Coreia, em 1390, e os de cerâmica são de dois séculos antes, na China. A visão
teocêntrica do mundo vai sendo substituída pela visãoantropocêntrica, em decorrência dos grandes descobrimentos, do
crescimento do comércio e da invenção da tipografia, promovendo.a explosão da comunicação. Para Chalaby (1996), é
a partir do século XIX que a atividade jornalística se consolida em virtude de tecnologias que permitiram a impressão
periódica de jornais, com valores e normas específicas do setor.

lirismo de Rousseau de uma sociedade...
tracking img