Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2432 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DATA: 08/11/2012
FICHAMENTO: O SERVIÇO SOCIAL – MÉTODO GENÉRICO
BIBLIOGRAFIA: VIEIRA, BALBINA OTTONI. SS PROCESSOS E TÉCNICAS RJ. ED., AGI, 1981.



Introdução
O serviço social – Método Genérico
Como método genérico, enquadra-se o Serviço Social nos métodos sociais ou meios sistematizados e ordenados de estudar e/ou intervir na realidade social. O Serviço Socialpertence, portanto, ao gênero “social”.
Um gênero divide-se em “espécies”, elementos que pertencem ao mesmo gênero, apresentando, porém, características ou diferenças específicas e acidentes ou qualidades acidentais próprias.
Na aplicação do método genérico, o assistente social observa e vê a realidade por um prisma que reflete a situação social-problema com a qual se defronta eque pode apresentar uma problemática com características individuais, grupais e comunitárias. A maneira de aproximar-se da situação determina o processo e as técnicas a serem utilizados.
A idéia do Serviço Social como método genérico não é nova. Em 1923, um grupo de assistentes sociais, reuniu-se, várias vezes, na cidade de Milford, Estado da Pensilvânia e, durante cinco anos, estudaram oassunto. Começaram por estabelecer uma lista de problemas, situações e técnicas utilizados nos vários campos e, a partir destes itens, procuraram identificar-lhes as diferenças e as semelhanças. Em 1928, o grupo chegou a conclusões e redigiu um relatório, conhecido até hoje como Relatório da Conferência de Milford, concluindo que:
1) O Serviço Social de Casos aplica-se a vários campos, problemase clientes;
2) os mesmos modos de proceder são empregados em qualquer campo ou para qualquer problema;
3) O que é específico são os campos, as situações sociais-problemas e a clientela;
4) portanto, o Serviço Social de Casos é um método genérico.
Assim sendo, a fim de facilitar o estudo das diversas abordagens, lembramos aqui as características essenciais do Serviço Social comométodo genérico e que constituem o quadro referencial para o estudo das diversas abordagens.

Natureza do Serviço Social
Se pela nossa experiência histórica admitimos que o Serviço Social é uma “ajuda”, ou seja, que sua natureza é “ajudar” aos outros, podemos também verificar que ele tem, hoje, certas características que o distinguem de outros tipos de ajuda.
Embora severifique um consenso sobre a natureza do Serviço Social, existem várias concepções a seu respeito. O 3º. Inquérito Internacional da ONU, em 1952, apresentou, segundo os países, diversas opiniões sobre o Serviço Social: como atividade, método de ajuda, processo metódico, esforço em conjunto, método ou processo de intervenção, etc. Todas estas concepções de Serviço Social possuem algo em comum e formam oque Kaplan chama uma “família de concepções”.
O Serviço Social ultrapassa a função de auxílio aos desajustados; não espera que o mal apareça ou que surja o problema, mas ajuda o indivíduo e a família a viverem em harmonia com seus semelhantes e a se fortalecerem moral, espiritual e culturalmente, a fim de enfrentarem as mudanças econômicas sociais que se constituem no apanágio do mundomoderno, e a cumprirem os papéis que lhes cabem na sociedade.
“O caráter promocional do Serviço Social, diz o Documento de Araxá, se consubstancia na afirmação de que promover é capacitar. Diante dessa colocação, conclui-se que o Serviço Social promove, quando atua para habilitar indivíduos, grupos, comunidade, fazendo-as atingir a plena realização de suas potencialidades. Sob este prisma,a ação do Serviço Social insere-se no processo de desenvolvimento, tomado este em sentido lato, isto é, aquele que leva a plena utilização dos recursos naturais e humanos e, consequentemente a uma realização integral do homem. Destaca-se quanto a promoção humana, a importância do processo de conscientização como ponto de partida para a fundamentação ideológica do desenvolvimento global”....
tracking img