fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1144 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto

UNIVERSIDADE FDERAL DO MARANHÃO
CAMPUS –III –BACABAL
CURSO: LINCENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS
Profª. MARIA JOSÉ.
ALUNA: LUCILENE MARIA DA CONCEIÇÃO CRUZ






FICHAMENTO: TEXTO 01 - DOCENCIA NO ENSINO SUPERIOR










BACABAL
2012


PIMENTA, Selma Garrido e ANASTASIU, Léa das Graças Camargo -4. ed. — São Paulo: Cortez, 2010
2. Didática — breve gênese histórica“Os cursos de licenciatura foram instituídos no Brasil em 1934, na Universidade de São Paulo, com a finalidade explícita de oferecer aos bacharéis das várias áreas os conhecimentos pedagógicos necessários às atividades de ensinar.” [pag.41]
“Enquanto adjetivo, “didática”, é conhecido desde a Grécia uma ação de ensinar presente nas relações entre os mais velhos e os jovens, espaços sociais epúblicos. “ [pag.42]
‘Essa didática ganhar contornos com o monge luterano João Amós Comênio que escreve a obra “Didática Magna — Tratado da arte universal de ensinar tudo a todos. ’’ [pag.42]
“Pautados por ideais ético-religiosos, desenvolveram o que acreditavam ser um método único para ensinar tudo a todos, Especialmente a ler e escrever, começando pela língua materna, numa época em que predominava olatim.”[pag. 42]
“O ensino, na didática comeniana, tem seu fundamento na própria natureza; perfeita enquanto criação divina fornece em seu processo evolutivo as bases para o ensino: do simples para o complexo, cada etapa a seu tempo, todo fruto amadurece, mas precisa de condições adequadas. O curso dos estudos é distribuído por anos, meses, dias e horas; e, enfim, é indicado um caminho fácil eseguro para pôr essas coisas em prática com bom resultado.” [pag.43]
“Assim, é a esses educadores reformadores do século XVII que devemos a autoconsciência do proceder educativo, retirando as cogitações didático-pedagógicas do âmbito da Filosofia, da Teologia ou da Literatura, até então se abrigavam, e constituindo um campo próprio disciplinar e de estudos. ’’[pag.43]
“A gênese da Didática nos doisséculos seguintes permanecerá impregnada das significativas transformações no âmbito social, político, econômico, cultural e científico’’. [pag.44]
“No século XVIII, Rousseau será o autor da segunda revolução didática. Sua obra dá origem a um novo conceito de infância, e transformando o método de ensinar em um procedimento natural, “exercido sem pressa e sem livros. ’’[pag.44]
“No século XIX,Herbart erige as bases do que denominou pedagogia científica, o que designou como passos formais da aprendizagem, dos quais decorrem os passos formais do ensino: clareza (na exposição), associação (dos conhecimentos novos com os anteriores), sistema e métodos. Esses foram desdobrados por seus discípulos em: preparação (da aula e da classe: motivação); apresentação, associação, sistematização eaplicação (dos conhecimentos adquiridos). Essa didática herbartiana acentua a importância do professor no processo de ensino, pondo no preparo de sua aula, conforme os passos formais, a responsabilidade pelo Sucesso do ensino.”[pag.44]
“Se em Rousseau ressalta-se o sujeito que aprende em Herbart a ênfase está no método (de ensinar), o que pode ser interpretado como uma retomada do desejo de Comêniodo método único.” [pag.44]
‘Com Rousseau, Escola Nova”, questionando o método único e a valorização dos aspectos externos ao sujeito aprendiz decorrentes de Herbart. “[pag.45]
metade do século XX, o movimento escolanovista enfatizava o aprendiz como agente ativo da aprendizagem e a valorização dos métodos que respeitassem a natureza da criança, que a motivassem, que a estimulassem a aprender.“Determinadas vertentes desse movimento tiveram como referencial científico a psicologia das diferenças individuais. A didática delas decorrente acabou por constituir o fundamento do liberalismo econômico, ao fornecer as bases científicas para explicar as diferenças individuais e as desigualdades escolares (o fracasso) como próprias da natureza individual de cada criança. “[pag.45]
“ Na...
tracking img