Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (624 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As estruturas elementares do parentesco; Claude Lévi-Strauss - Capítulo 1 – Natureza e Cultura.

Fichamento com base em leitura do texto e análise e discussão realizada em classe para compreensãodo texto.

Antes da leitura do capitulo 1, inicio a leitura com o prefácio a segunda edição, onde Levis-Strauss começa com uma reflexão sobre a sua antiga publicação que já se passaram dezesseteanos desta e vinte anos do material, e neste meio tempo a teoria do parentesco evoluira, estaria mais cientifica e complicada, houve a necessidade de atualiza-la, reescreve-la e corrigir diversos errosde escritas. Onde então Levi-Strauss mensiona sua antiga publicação mas que ainda defende que a proibição de incesto se deve totalmente a causa sociológicas.

O assunto, que se demonstrou muitopolêmico ao discurtimos em sala de aula, é no que diz respeito à oposição natureza e cultura, que para Levi-Strauss citará por ter vários aspectos paradoxal. O que definiria o Homem um ser cultural?Não poderia ser a capacidade de comunicação, pois processos complexos de comunicação foram descobertos nos insetos, peixes, aves e mamiferos. Nem a capacidade de utilizar instrumentos, já que algumasaves e mamíferos, principalmente os chimpanzés no estado selvagem, sabem confeccionar e utilizar instrumentos. Nossa discussão começa no capitulo 1 – Natureza e Cultura.

Onde acaba a natureza? Ondecomeça a cultura? Segundo Levi-Strauss, começa implicitando que a migração do estado de Natureza para Sociedade, o Cultural, não pode ser datado, não se tem conhecimento de um homem pré cultural, quemesmo o “Homem de Neanderthal, com seu provavel conhecimento da linguagem, suas indústrias líticas e ritos funerarios, não pode ser considerado vivendo no estado de natureza” (p.41) não pode serconsiderado como vivendo em um estado de ausência de organização social. Tampouco o caso das “crianças selvagens” (p.43), cujas circunstâncias da descoberta são duvidosas, pode depreender que o homem sem...
tracking img