Fichamento o sentimento de vergonha e suas relações com a moralidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (818 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
OBRA EM FICHAMENTO

TAILLE, Yves de La. Psicologia: Reflexão e Crítica, 2002, 15(1), pp. 13-25

OBJETO EM PESQUISA

O Sentimento de Vergonha e suas Relações com a Moralidade

RESUMO

Avergonha é um sentimento de condição necessária ao agir moral, existe uma relação entre vergonha e moralidade apesar de ser desprezada pela conduta humana há alguns anos atrás, ultimamente que vemrecebendo certa importância. Estabelecendo uma relação entre vergonha e o agir e pensar morais percebemos três momentos, a definição de uma perspectiva psicológica a respeito da moralidade ou“personalidade moral”, vergonha ou “autojuízo e sua relação com o ser” e honra ou “dignidade e respeito”.

Quando falamos da personalidade moral a psicologia diz que razão e afetividade andam juntos, para seentender as condutas do homem deve-se estudar sua inteligência e seus sentimentos, temos a hipótese na psicologia de que a afetividade é responsável pela motivação das condutas, e a inteligência poroperacionalizar. Essa hipótese não é aceita por todos, e por ser ampla se torna vaga. Porém tal questão não é pouco relevante para a psicologia moral onde: o ‘dever fazer’ que é essencial a moral,corresponde a um ‘querer fazer’.

“Pode-se muito bem aceitar o fato de que o desenvolvimento do juízo moral é essencialmente função dos progressos da cognição, e também admitir a tese de que tal juízo écondição necessária à ação moral. Mas o fato de ele não ser condição suficiente enfraquece sobremaneira as teorias essencialmente racionalistas: sem uma explicação sobre o querer agir moralmente,toda problemática psicológica da moral permanece em aberto (e também, em decorrência, as implicações educacionais da formação do sujeito ético).” p. 14.

Existe uma tese de que as pessoas têm maiorchance de pensar e agir moralmente se os valores morais estiveram, para elas, unidas ao eu, e os autores: Taylor com o clássico, Source of the Self (edição francesa 1998); Flanagan, Ética à luz da...
tracking img