Fichamento sobre "pedagogia da autonomia." paulo freire

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2998 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FICHAMENTO
Mirian Lopes Miranda
Prof. Haruzea Salmen

FREIRE, Paulo. pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 43º Ed. São Paulo: Ed paz e terra, 2011.

1.1 - ENSINAR EXIGE RIGOROSIDADE METODICA

“[...] É exatamente neste sentido que ensinar não se esgota no tratamento do objeto ou do conteúdo, superficialmente feito, mas se alonga à produção das condições emque aprender criticamente é possível. E essas condições implicam ou exigem a presença de educadores e educando criadores, instigadores, inquietos, rigorosamente curiosos, humildes e persistentes. [...]” p.28

Cabe ao educador criar estímulos que visam a conscientização da condição critica da curiosidade do educando e não se esgotar no conteúdo, mas buscar profundo os conhecimentos, como aleitura, que compromete o pensar certo. É necessário criar motivações baseadas em métodos dinâmicos, criando uma metodologia do aprendizado, que ser quer constante e evolutivo.

1.2 - ENSINAR EXIGE PESQUISA

“Não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino. Esses que fazeres se encontram um no corpo do outro. Enquanto ensino, continuo a buscando e procurando. Ensino porque busco, porqueindaguei, porque indago e me indago, pesquiso para constatar, constatando, intervenho, intervindo educo e me educo. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e continuar ou anunciar a novidade.” p.30-31

Só com a pesquisa séria o educador pode alcançar a excelência do ensino, ele poderá ser adquirido e transmitido aos educandos no achamento do mundo novo do conhecimento. É nesta busca intensaque o educador vai-se encontrando com o saber. O saber vai surgindo sobre cada trabalho feito na prática, do caminhar trocando e pegando experiência do indivíduo, o educando.

1.3 - ENSINAR EXIGE RESPEITO AO SABER EDUCANDO

“Por que não discutir com os alunos a realidade concreta a que ser deva associar a disciplina cujo conteúdo se ensina, a realidade agressiva em que a violência é aconstante e a convivência das pessoas é muito maior com a morte do que com vida? Por que não estabelecer uma “intimidade” entre os saberes curriculares fundamentais aos alunos e a experiência social que eles tem como indivíduos. [...] p.32

Ensinar exige respeito ao educando, reconhecer que o aluno tem o direito de pensar independente do que precisa, é nesta hora que o educador tem que estarpreparado, coerente com suas respostas devidamente planejadas. Quando o aluno vê que o professor esta preparado, ele sente confiança e as aulas passam a ser mais produtivas, uma vez que os alunos passam a respeitar os professores e os colegas, passando a ser mais prazerosa a convivência.

1.4 – ENSINAR EXIGE CRITICIDADE

“A curiosidade como inquietação indagadora, como inclinação aodesvelamento de algo, como pergunta verbalizada ou não, como procura de esclarecimento, como sinal de atenção que sugere alerta, faz parte integrante do fenômeno vital. Não haveria criatividade sem curiosidade que nos move e que nos põe pacientemente impacientes diante do mundo que não fizemos, acrescentando a ele algo que fazemos” p.33

Evoca o valor da critica como ponto de partida a uma análise sobreo ser, é nesta análise que se entende a crítica como método necessário ao processo de aprendizagem, uma necessidade para ensinar, exigindo a reflexão sobre a prática do pensar. Procurar ser crítica comigo mesma, reconhecendo que sou falha, pois não sou dona do saber, pelo contrário, entender que o ser educando precisa ser crítico no seu discurso e este discurso tem que ser uma prática vivida evivenciada pelos alunos no decorrer de suas vidas.

1.5 – ENSINAR EXIGE ESTÉTICA E ÉTICA

Decência e boniteza de mãos dadas. Cada vez me convenço mais de que, desperta com relação à possibilidade de envereda-se no descaminho do puritanismo, a prática educativa tem de ser, em si, testemunho rigoroso de decência e de pureza. Uma crítica permanente e aos desvios fáceis com que somos...
tracking img