Fichamento - realismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA
CCSA – CENTRO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
INTRODUÇÃO AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS
PROFESSOR: THIAGO LIMA ALUNA: INGRAFREIRE
FICHAMENTO: O REALISMO
O Realismo se impõe no estudo das relações internacionais como a visão mais dominante entre os analistas e tomadores de decisões, essa dominação se dádevido a sua grande diversidade de pensadores e princípios, não podendo ser considerado como um só. As variantes do realismo encontrado no capítulo deste livro são: o realismo clássico –considerado uma vertente inglesa do realismo encontrado na escola inglesa –, o neo-realismo – também chamado de realismo estrutural – e o realismo neoclássico ou neotradicional – que surgiu nadécada de 1990 e continua produzindo até hoje.
O realismo encontra as suas raízes em pensadores como Maquiavel, Hobbes e Tucídides, pensadores realistas que tiveram seus conceitos e contextospróprios adaptados ao realismo do século XX. Tucídides, é considerado o primeiro autor a tratar de um assunto central ao estudo das relações internacionais que é a guerra, a sua principalherança foi ‘’ em um mundo onde os poderosos fazem o que tem o poder de fazer e os fracos aceitam o que tem que aceitar’’, em tese, o medo de não sobreviver, o medo de deixar de existir,leva os Estados a iniciarem e se engajarem em guerras, desse pensamento de Tucidides os realistas destacam dois conceitos o de anarquia internacional e o correlato medo de não sobreviver.Maquiavel deixou como herança para os realistas a ênfase na sobrevivência do Estado como ator, para sobreviver, o poder se faz necessário, e o uso da balança de poder, assim como de alianças, écrucial para lidar com o desafio da segurança. Os realistas consideram a visão de Maquiavel de relações de cidades-Estados como desprovida de qualquer caráter moral ou ético. Já Hobbes
tracking img