Fichamento os trabalhadores pobres hobsbawn

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (401 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento
Referências Bibliográficas: HOBSBAWM, Eric. Cap. 11:Os trabalhadores pobres; Cap13:A ideologia secular.In:A era das revoluções (1789-1848). 9ª ed. Trad M. T. L. Teixeira e M. Penchel. Riode Janeiro: Paz e Terra, 1996 [orig. ingl. 1962], pp.221-237, pp.255-274, pp354-357.

1) Tema: A evolução do movimento operário em função das Revoluções Industrial e Francesa. “O movimentooperário proporcionou uma resposta ao grito do homem pobre. (...) A Revolução Francesa deu confiança a esta nova classe; a revolução industrial provocou nela uma necessidade de mobilização permanente.”(pág. 230)

2) Questão que o autor se propõe a responder: Como as revoluções industrial e francesa lançaram a semente de teorias que culminaram no materialismo dialético teorizado por Marx e adialética hegeliana.

3) Tese: O capitalismo (Revolução Industrial) produziu a sua própria derrocada (proletariado). “... o proletariado, cujo número e descontentamento crescia à medida que aconcentração do poder econômico em mãos cada vez menos numerosas tornavam-no mais vulnerável, mais fácil de ser derrubado.” (pág 266)

4) Objetivo do autor: O autor objetiva mostrar através da argumentação notexto que o movimento proletário foi uma conseqüência lógica das revoluções industrial e francesa, movimento esse que passou a ser estudado pelos estudiosos da época, tendo surgido várias teoriassobre tais movimentos.

5) Objeto empírico do autor: O proletariado e sua mudança de comportamento como podemos ver em “A situação dos trabalhadores pobres ... era tal que a rebelião era nãosomente possível mas virtualmente compulsória.” (pág. 226). Temos, ainda, “O verdadeiramente novo no movimento operário do princípio do século XIX era a consciência de classe e a ambição de classe.” (pág.230).

6) Orientações teóricas: William Benbow (pág. 231) verificou a tática sistemática dos trabalhadores na greve geral via sindicato, o Conde Claude de Saint-Simon teorizou sobre o...
tracking img