Fichamento hobbes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (945 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Católica De Brasília – Ucb
CURSO DE DIREITO

Universidade Católica De Brasília – Ucb
CURSO DE DIREITO



Disciplina: Ciência política e teoria geral do estado.
Professora:Drª Leila Bijos



Fichamento:
Hobbes: o medo e a esperança

Aluna: Karoliny Data: 03/09/2012

RIBEIRO,Renato Janine. Hobbes: o medo e a esperança. In: Weffort, F. C. Os Clássicos da Política. 13. Ed. São Paulo: Editora Ática, 2000. p. 53-77

Objetivo Principal:

Hobbes fundamenta uma teoria decomo deve ser o estado, e de porque ele é necessário para a sociedade, baseando-se no conceito de natureza humana. Conceito esse, criado pelo próprio e que evidencia que nenhum homem é diferente obastante para se sobressair ao outro, pois todos são movidos por paixões e desejos semelhantes.

-------------------------------------------------

Argumentação do texto:

Thomas Hobbes era umcontratualista. Ele afirmava que só através de pactos e contratos, os homens podiam viver em sociedade sem entrar em guerras constantes.
Para Hobbes, a natureza humana é sempre a mesma, não mudacom o passar do tempo e nem com o decorrer da história. Ele não afirmava que os homens são absolutamente iguais, e sim que nenhum é diferente a ponto de ser superior ao outro.
O fato de nenhumhomem saber o que o outro deseja, faz com que eles suponham o que o outro vai fazer. E é dessas suposições que surgem os confrontos, pois um vai atacar o outro para vencê-lo ou para se defender de umpossível ataque. O estado serve, portanto, pra evitar que esses confrontos aconteçam.

“De modo que na natureza do homem encontramos três causas principais de discórdia. Primeiro, a competição;Segundo, a desconfiança; E terceiro, a glória.”1

A sociedade aceitava melhor, a teoria aristotélica de que o homem era um animal social. Sobre isso, Hobbes dizia que enquanto fosse aceita uma...
tracking img