Fichamento geral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (787 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento do livro: “Contar Histórias: uma arte sem idade”de Betty Coelho

Verinha Nascimento

De acordo com a obra lida do livro: “Contar Histórias: uma arte sem idade”de Betty Coelho, SãoPaulo, 1999.
Pretende-se com este trabalho relacionar o enredo de cada capítulo como: Escolha da história; Estudo da história infantil; Formas de apresentação das histórias; Narração da história eAtividades a partir história. Mostrar a importância da referida atividade para o crescimento intelectual de cada um. O enredo do livro propicia uma reflexão bastante aprofundada das convicções donosso Cotidiano, sempre respeitando as dificuldades de interpretações e interferências dos ouvintes com a história narrada. Ainda o livro, em sua essência tem a espiritualidade do adulto voltar a sercriança novamente, mesmo que seja por alguns a momentos, até o fim da narração de cada história.
Para a autora (Betty Coelho) é preciso levar em conta vários fatores: “o ponto de vista literário, ointeresse do ouvinte, sua faixa etária, as condições socioeconômicas, os objetivos que a ocasião requer o estilo e o gosto pessoal do narrador”. (p.14) //buscando sempre desenvolver a imaginação eagradar ás crianças.
Para os pré-escolares as histórias devem ter enredo simples, contendo situações que se aproxima o mais possível da sua realidade, de sua convivência afetiva doméstica do seu meiosocial de brinquedos e animais que o rodeiam. (p.15) Na fase mágica dos 3aos 7anos, solicitam a mesma história sempre, com encanto e onde tudo é novidade. (p.16)
Na idade escolar, de primeirasegunda série ainda não posuiem bom nível escolar e então, as histórias devem ser escolhidas de acordo com o interesse e senso crítico do aluno. Mas ainda preferem contos de fadas, que acionam aimaginação. (p.18) A história a ser contada passa a ser estudada capturando a mensagem central, buscando entendê-la, mas não significando decorá-la como muitos ainda acreditam. (p.21)
Assim destacados seus...
tracking img