Fichamento do texto “roma” de pedro paulo de abreu funari

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2504 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
CENTRO DE FPRMAÇÃO DE PROFESSORES
UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS
CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA
CAMPUS CAJAZEIRAS
3º PERIODO
DISCIPLINA: História Antiga II
DOCENTE: Rosilene Alves Melo
DISCENTE: Mônica Raquel Fernandes Santos







Fichamento
Roma







CajazeirasAbril de 2012










Fichamento do texto “Roma” de Pedro Paulo de Abreu Funari, escrito por Mônica Raquel Fernandes Santos e justificado para obtenção de nota da primeira unidade da disciplina de História Antiga II ministrada pela professora Rosilene Alves Melo no terceiro período do curso de história da UFCG campus de Cajazeiras – PB.ROMA
ROMA ANTIGA: cidade e estado
Roma é a capital da Itália nela reside o que se considera maior autoridade da igreja católica, O Papa. Além destas informações, que são as primeiras que no veem a memória quando se fala em Roma, não se pode esquecer que a atual Roma é “a continuação de uma Roma muito mais antiga fundada há quase três mil anos” (2006, p.77, FUNARI). O principal diferencialentre a Roma Antiga e a atual consiste principalmente ao se notar que na Antiguidade Roma não era apenas uma cidade, mas um Império e essa grande importância investida a Roma se dá pela facilidade de acesso pelas estradas à cidade. Portanto Roma, além de representar cidade representava Estado.
COMO SE PODE conhecer o mundo romano?
A realidade do mundo romano na Antiguidade pode ser estudada apartir de diversos utensílios, que dizem como os romanos comiam, bebiam. Porém a principal fonte para o conhecimento dos romanos da época é a escrita. O povo romano escrevia tudo, comédias, filosofia, discursos, poesias e histórias. Os escritos romanos foram copilados pela igreja católica na idade média, por conta disso são conhecidos até hoje. Além da outra grande forma de conhecer o mundo romano queé os idiomas que o latim gerou, como: o francês, o italiano, o português etc.
AS ORIGENS de Roma, lendas e histórias
Atualmente a história de Roma é divida pelos historiadores em três períodos: monarquia, república e império.
Havia em Roma necessidade de uma história de fundação apoteótica que a interligasse aos deuses, assim teria legitimidade para dizer que eram uma civilização superioras outras.
A lenda mais conhecida sobre a fundação de Roma é a dos irmãos gêmeos Rômulo e Remo que foram jogados ao rio e criados por uma loba.




A REPÚBLICA romana
Três estagmentos dividiram a sociedade romana:
• Patrícios, a elite aristocrática,
• Clientes, servidores e protegidos dos patrícios,
• A plebe, os outros habitantes.
Somente os patrícios tinham direitos, pois eles eramdescendentes de uma linhagem de sangue a qual legitimava seus direitos. Depois de varias revoltas da plebe por direitos, as leis foram escritas pela primeira vez. As leis escritas estavam num código conhecido como a Lei das XII Tábuas, que previa alguns direitos aos plebeus, contudo, não previa o direito de casamento de plebeus e patrícios. Neste código também estava prevista a abolição daescravidão por dívida. Outra forma de diminuir a arbitrariedade dos patrícios para com os plebeus foi à criação do Tribuno da Plebe, que defendia os interesses dos plebeus perante aos patrícios.

Como se governavam os romanos
O governo romano possuía dois magistrados, denominados cônsules, com duração de um ano. Esses magistrados eram escolhidos pelo Senado e também escolhia os outros magistrados queiriam cuidar dos outros assuntos da cidade, como exemplo: questores (tesoureiros), pretores (cuidava da justiça) e os edis (cuidavam dos outros assuntos da cidade).
As mulheres romanas não podiam assumir cargos públicos. E o conceito de cidadão era bem mais amplo que na Grécia, exemplificando até os escravos alforriados eram considerados cidadãos e às vezes até cidades inteiras aliadas também...
tracking img