Fichamento do texto humanidade e animalidade de tim ingold

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Brasília

Departamento de Antropologia
Disciplina:Introdução à Antropologia
Professor:Pedro Stoeckli Pires
Aluna:Adriana Costa Santos

Fichamento do texto Humanidade eAnimalidade de Tim Ingold

O artigo vem como diz o autor “examinar a maneira pela qual as noções de humanidade e de ser humano determinaram , e foram, por sua vez, determinadas, pelas idéias acercados animais .”(Ingold, 1994, p.39)Mostrando perspectivas que combinam ou antagonizam características como:pensamento ocidental ;etnocêntrico; antropocêntrico; gradualista; a visão de culturas diferentesda européia e mais.

Tendo em vista a divisão do artigo em três partes, observa se a princípio a análise do homem como espécie animal. “Os organismos não são agrupados em uma mesma classe porcausa da semelhança de sua aparência formal,exterior, mas em virtude de seus vínculos genealógicos relativamente estreitos.”(Ingold, 1994, p.42) O que admite na espécie animal Homo sapiens uma grandevariedade de cor,raça e altura já que questões fenótipicas como essas representam uma mínima variação genética , porem, é pela mesma afirmativa que não se pode aceitar a idéia de homens com rabo jáque essa característica enfearia uma grande diferença genealógica de modo que seres que possuem e que não possuem rabo não poderiam estar em uma mesma espécie.

“...os filósofos têm tentadodescobrir a essência da humanidade na cabeça dos homens,...”(Ingold, 1994, p.43). “A palavra humanidade, em suma, deixa de significar o somatório dos seres humanos, membros da espécie animal Homosapiens, e torna se o estado ou condição humana do ser, radicalmente oposta à condição da animalidade.” (Ingold, 1988, p.4). Onde que a condição de animalidade é vista como vida sem o uso da razão. “...somos criaturas constitucionalmente divididas, com uma parte imersa na condição física da animalidade, e a outra na condição moral de humanidade” (Ingold, 1994, p.45) Tendo por base esse pensamento...
tracking img