Fichamento do livro jovens e a leitura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PETIT, MICHELE. Os Jovens e a leitura: uma nova perspectiva.
São Paulo: Editora 34, 2008.

Os iniciais capitulos retrata as diversas influências envolvidas no ato de ler,
baseada em entrevistasrealizadas com jovens da periferia de grandes cidades da França, Petit reflete sobre a importância da leitura para a formação humana e para a inclusão social.
Na introdução, Michèle Petit expõe asatisfação de ter Voltado à América Latina, continente ao qual nunca mais havia retornado. Ainda nos relata, o ato falho escolar e universitário; à falta de preparo para interagir com a cultura escrita,ou seja, à falta de influência no mundo da leitura. Em algumas entrevistas, Petit constatou que, para muitos jovens de bairros da classe baixa, a biblioteca e o hábito da leitura teve soberanaimportância, a biblioteca como um local que oferece conhecimento, onde podiam ter uma relação mais intima com os livros, como diz um entrevistado para Petit :

Para mim a leitura não é uma diversão, é algoque me constrói. A biblioteca me permitiu imaginar filmes, fazer meus próprios filmes como se eu fosse um diretor. (2008 p. 34,).
De modo que na visão de Petit a leitura tem um significado positivopara compreensão do mundo interior. Nesse contexto, a leitura não é capaz de abrir possibilidades, tampouco de tornar as pessoas inesperadamente solidarias. No entanto:-------------------------------------------------
Algumas vezes, para que crianças, adolescentes e adultos, encaminhem-se no sentido mais do pensamento do que da violência. Em certas condições, a leitura permite abrir um campo depossibilidades, inclusive parecia não existir nenhuma margem de manobra. (2008 p. 13).

De acordo com entrevistados, a leitura deve ser lidada como algo comunitário, de modo que o comum, para essaspessoas, era a leitura partilhada e em voz alta realizada em família, no catecismo ou na escola, Petit lembra que a leitura é, antes de tudo, um ato liberal, que resiste a qualquer domínio, já que...
tracking img