Fichamento do livro: inclusão escolar – o que é? por quê? como fazer?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Referências Bibliográficas

MANTOAN, Maria Tereza Eglér. Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como Fazer? 2 ed. São Paulo: Moderna, 2006. (Cotidiano escolar: ação docente). 64 p.

Capítulo 1: Inclusão escolar: o que é?

(Nesse capítulo são apresentadas as conceituações e definições básicas para que se compreenda o que é a inclusão escolar de alunos PNEE, diferenciando-a do processo deintegração.)

Crise de paradigmas

“Conforme pensavam os gregos, os paradigmas podem ser definidos como modelos, exemplos abstratos que se materializam de modo imperfeito no mundo concreto. Podem também ser entendidos, segundo uma concepção moderna, como um conjunto de regras, normas, crenças, valores, princípios que são partilhados por um grupo em um dado momento histórico e que norteiam nossocomportamento, até entrar em crise, porque não nos satisfazem mais, não dão mais conta dos problemas eu temos de solucionar.”
(p. 13-14)

“A escola se entupiu do formalismo da racionalidade e cindiu-se em modalidades de ensino, tipos de serviço, grades curriculares, burocracia. Uma ruptura de base em sua estrutura organizacional, como propõe a inclusão, é uma saída para que a escola possafluir novamente, espalhando sua ação formadora por todos os que dela participam. A inclusão, portando, implica mudança desse atual paradigma educacional, para que se encaixe no mapa da educação escolar que estamos retraçando.” (p. 14)

“A exclusão escolar manifesta-se das mais diversas e perversas maneiras, e quase sempre o que está em jogo é a ignorância do aluno diante dos padrões decientificidade do saber. Ocorre que a escola se democratizou, abrindo-se a novos grupos sociais, mas não aos novos conhecimentos.” (p.15)

“Os sistemas escolares também estão montados a parti de um pensamento que recorta a realidade, que permite dividir os alunos em normais e deficientes, as modalidades de ensino em regular e especial, os professores em especialistas nesta e naquela manifestação dasdiferenças.” (p.16)


Integração ou inclusão?

“Os termos de “integração” e “inclusão”, embora tenham significados semelhantes, são empregados para expressar situações de inserção diferentes e se fundamentam em posicionamento teeórico-metodológicos divergentes.” (p.17)

• Integração escolar

“O uso da palavra “integração”, refere-se mais especificamente á inserção de alunos com deficiência nasescolas comuns, mas seu emprego dá-se também para designar alunos agrupados em escolas especiais para pessoas com deficiência, ou mesmo em classes especiais, grupos de lazer ou residências para deficientes.” (p.18)

“A integração escolar pode ser entendida como o “especial na educação”, ou seja, a justaposição do ensino especial ao regular, o que ocasiona um inchaço dessa modalidade pelodeslocamento de profissionais, recursos, métodos e técnicas da educação especial para as escolas regulares.” (p.19)

• Inclusão escolar

“O objetivo da integração é inserir um aluno ou um grupo de alunos que já foi anteriormente excluído. O mote da inclusão, ao contrário, é não deixar ninguém no exterior do ensino regular, desde o começo da vida. As escolas inclusivas propõem um modo deorganização do sistema educacional que considera as necessidades de todos os alunos e que é estruturado em função dessas necessidades.” (p.19)

“Na perspectiva inclusiva, suprime-se a subdivisão dos sistemas escolares em modalidades de ensino especial e ensino regular. As escolas atendem as diferenças sem discriminar ou trabalhar a parte com alguns alunos.” (p.19)

“Na perspectiva de “ o especial daeducação”, a inclusão é uma provocação, cuja a intenção é melhorar a qualidade do ensino nas escolas, atingindo todos alunos que fracassam e suas salas de aula.” (p.20)



Capítulo 2: Inclusão escolar: por quê?

(Esse capítulo apresenta o pontos que necessitam de uma reformulação visando garantir a pratica cotidiana de uma real educação inclusiva).

“A escola brasileira é marcado...
tracking img