Fichamento do livro geografia e modernidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 77 (19081 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Página Parágrafo INTRODUÇÃO
09 01 Há aproximadamente três anos, um debate sobre a reforma do ensino secundário francês relançou uma antiga discussão em torno do papel e da importância da manutenção da geografia no currículo do ensino básico. (...) A geografia nunca teria produzido resultados suficientes para fazê-la figurar ao lado das disciplinas “verdadeiramente” científicas; ela pretendeintegrar quase todos os ramos do saber, mas na verdade não ultrapassa o patamar das relações banais entre natureza e cultura; jamais teria se libertado dos estreitos limites de uma tautologia empirista; e se satisfaz com análises simplistas de relações superficiais. (...)
09 e 10 02 Os geógrafos sublinharam os progressos relativos aos diversos domínios relacionados pelos críticos. (...) A respostaenfatizou, portanto, os aspectos relacionados à modernização de seus métodos, a nova perspectiva prospectiva e, sobretudo, a ruptura que foi operada com aquilo que se identifica como sendo a “velha” geografia. (...)
10 03 Geografia e modernidade, eis o eixo principal da questão. (...) Geografia tem justamente como principal tarefa apresentar uma imagem renovada do mundo, parece evidente que ageografia e a modernidade estejam intimamente ligadas. (...) Ela tem por meta apresentar uma visão global e coerente do mundo. (...)
10 e 11 04 (...) A geografia é o domínio do saber que procura integrar natureza e cultura dentro de um mesmo campo de interações. (...)
11 05 (...) A análise da modernidade geográfica deve, talvez, primeiramente passar pelo estudo das diferentes significações doconceito mesmo de moderno.
11 06 Nessa via, este discurso se obriga a anunciar algo de novo, uma solução substitutiva que, em princípio, poderá preencher as lacunas associadas ao diagnóstico mesmo da crise.
11 e 12 07 Em outros termos, a constatação de uma ciência insuficiente, limitada, pretensiosa e frágil é objeto de um verdadeiro consenso e os argumentos avançados são aceitos sem muitos protestosou controvérsias.(...)
12 08 A ciência condenada, algumas vezes caricaturalmente, é a “ciência moderna”, nascida do projeto iluminista e institucionalizada dentro de uma vertente positivista e normativa. (...)
12 09 (...) A modernidade fundou uma “ciência nova” (como dizia Bacon), e esta ciência constitui o mesmo espírito mesmo daquilo que se denomina modernidade. (...)
12 e 13 10 É naturalque, no momento em que se anuncia o esgotamento das idéias que nutriam o projeto da modernidade, a ciência seja um dos alvos privilegiados e que as condições de superação façam necessariamente menção à redefinição de seu papel, de sua importância e de seus limites.
12 e 13 11 Há alguns anos, a idéia segundo a qual estaríamos no fim da modernidade ganha terreno e, nesta via, se afirma a emergênciade um novo período, a pós-modernidade. (...) É certo que a natureza e a rápida difusão desta dominação tornam difícil a diferenciação entre o que seria um simples efeito de moda superficial e o que revelaria uma verdadeira transformação de fundo na sociedade.(...)
13 12 (...) O questionamento da ciência, de seus métodos, de seu poder hegemônico é imediato, e a refutação deste modelo é vistacomo a primeira condição para a superação que conduz do moderno ao pós-moderno.
13 e 14 13 (...) Desde os anos setenta, uma corrente “humanista” exerce uma influencia considerável sobre o pensamento geográfico. Esta endereça à ciência como um certo número de questões e de críticas aparentadas às que são levantadas pelo debate da pós-modernidade. (...)
14 14 (...) A geografia, que tem seusobjetivos acadêmicos inscritos no projeto da modernidade, sente naturalmente interpelada pelo questionamento do qual ela é simultaneamente o objeto e o sujeito, se preocupa, portanto, em buscar as possibilidades, dos meios e os limites de um novo quadro contextual e conceitual.
14 15 (...) Uma geografia pós-moderna é obrigatoriamente tributária de seu passado e, em uma certa medida, reafirma sua...
tracking img