Fichamento do livro "as etapas do pensamento econômico" - capítulos karl marx, émile durkheim e max weber.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento "As etapas do Pensamento Sociológico, Raymond Aron – São Paulo, Martins Fontes (2000) "

Autores: Karl Marx, Émile Durkheim e Max Weber.

Karl Marx (p. 125 - 180)
P.127: “Além da diversidade das obras de Marx, é preciso levar em conta a diversidade dos períodos em que foram escritas.”
“ A partir de 1848, e até o fim dos seus dias, Marx aparentemente deixou de ser filosófico,tornando-se um sociólogo e , sobretudo, uma economista.”
P.129: “Toda teoria que pretende tornar-se ideologia de movimento político, ou doutrina oficial de um Estado, deve prestar-se à simplificação para os simples e à sutileza para os sutis. Não há duvida de que o pensamento de Marx apresenta, em grau supremo, essas virtudes. Cada um pode encontrar somente o que pretende.”
- A análisesocioeconômica do capitalismo
P. 129: “Marx focaliza a contradição que lhe parece inerente a sociedade moderna, que ele chama capitalismo.”
“(...) conflitos entre os operários e os empresários ou, para empregar o vocabulário marxista, entre o proletário e os capitalistas são o fato mais importante das sociedades modernas, o que revela a natureza essencial dessas sociedades, ao mesmo tempo que permiteprever o desenvolvimento histórico”
P. 130: “(...) a historia humana se caracteriza pela luta de grupos humanos que chamamos classes sociais”
p. 131: “O caráter obrigatório do capitalismo se manifesta no fato de que o crescimento dos meios de produção, em vez de se traduzir pela elevação do nível de vida dos trabalhadores, leva a um duplo processo de proletarizaçao e pauperização.”
p. 132: “(...)poder político como a expressão dos conflitos sociais. O poder político é o meio pelo qual a classe dominante, a classe explorada, mantém seu domínio, e sua exploração”
“Trata-se e uma expressão simplificada, mas a ciência de Marx tem por fim demonstrar rigorosamente essas proposições: o caráter antagônico da sociedade capitalista, a autodestruição, inevitável dessa sociedade contraditória, aexplosão revolucionaria que porá fim no caráter antagônico da sociedade atual.”
p. 133: “(...) a luta de classes tendera a uma simplificação. Os diferente grupos sociais se polarizarão em torno da burguesia e do proletariado, e é o desenvolvimento das forcas produtivas que será o motor do movimento histórico, (...), sociedade não - antagônica .”
- O Capital
p. 138: “(...) Marx assume comoobjetivo explicar o modo de funcionamento do regime capitalista, com base em sua estrutura social, e o desenvolvimento desse regime, como base no seu modo de funcionamento. “
p. 139: “(...) a essência do capitalismo e, antes de tudo, a busca do lucro. Na medida em que se baseia na propriedade privada dos instrumentos de produção, o capitalismo esta fundamentado também na busca do lucro pelos empresáriosa produtores”
p. 140: “(...) a essência de troca capitalista consiste em passar do dinheiro ao dinheiro passando pela mercadoria, para ter no fim do processo, mais dinheiro do que no ponto de partida. ”
“Com a teoria da mais- valia ele demonstra que tudo e trocado pelo seu valor, e que, no entanto, existe uma fonte de lucro. ”
p. 142: “O valor produzido durante o sobre trabalho e chamado mais-valia. E a taxa de exploração e definida pela relação entre a mais- valia e o capital variável, isto e, o capital que corresponde ao pagamento do salário. ”
“Há uma mercadoria que tem essa particularidade de ser paga pelo seu valor, e ao mesmo tempo produzir mais que seu valor, e o trabalho humano. ”
p. 143: “A teoria da mais-valia tem uma dupla função, cientifica e moral. A conjugação dessesdois elementos deu ao marxismo uma influencia incomparável. Os espíritos racionais encontraram nela uma satisfação, e os espíritos irrealistas a revoltados, também. Esses dois tipos de satisfação se multiplicam um pelo outro. ”
“(...) e da natureza de uma economia anárquica comportar crises.”
p. 144: “ Em termos concretos, deveria haver uma quantidade menor de mais-valia na medida que...
tracking img