Fichamento do cap 9

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (508 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
9.2. O capital: da defensiva à ofensiva.
Anos de 1967 ate 1973 foi desfavorável para o imperialismo. As mobilizações no centro e na periferia registram o auge. No plano politico, o capitalmonopolista encontrava-se em defensiva por causa da derrota da principal potencia imperialista no Vietnã. Na economia, houve uma queda da taxa de lucro e o aumento do custo dos direitos sociais (resultado daluta dos trabalhadores), implicando uma carga tributaria que o capital aceitara quando as taxas de lucros eram mais altas.
Nos anos 1974 ate 1975 o monopólio fica em crise e então programa umaestratégia politica global para reverter um sistema que é negado. Nos anos setenta, o ataque do movimento sindical começa a há ter medidas legais restritivas, onde reduz o poder de intervenção do movimentosindical, nos anos oitenta, o assalto do patronato toma formas claramente repressivas, exemplo da Inglaterra e Estados Unidos.
O padrão dos “anos dourados” se consolidou, termina a modalidade deacumulação rígida, que é a taylorismo-fordismo e começa a instalar a que vai caracterizar a terceira fase do estagio imperialista, a acumulação flexível. Onde se apoia a flexibilidade dos processos detrabalho, onde têm os novos setores, novas maneiras, de novos mercados, e também de taxas altamente intensificadas de inovação comercial, tecnológica e organizacional.
A base dessa flexibilidadecompõe a reestruturação produtiva. Que é uma intensa incorporação à produção de tecnologias de avanços técnico-científicos, determinando um desenvolvimento das forças produtivas que reduz enormemente ademanda de trabalho vivo. O impacto desse desenvolvimento das forças produtivas é de tal ordem que alguns pesquisadores chegam ao ponto de mencionar uma “terceira revolução industrial” ou uma “revoluçãointernacional”.
Tem três implicações do deslocamento dos suportes eletromecânicos para os eletroeletrônicos, que são: trabalhador coletivo, a força de trabalho qualificada e polivalente e a...
tracking img