Fichamento do artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2955 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento do Artigo
Certos versos e múltiplos tons sobre o lugar, amizade e identidade no Rio de Janeiro dos compositores da música popular brasileira.
Prof. Dr. João Baptista Ferreira de Mello






Geografia da Cidade do Rio de Janeiro
Prof. Dr. João Baptista Ferreira de Mello
Aluno: Alexandre Alves Batista






Certos versos e múltiplos tons sobre o lugar, amizade eidentidade no Rio de Janeiro dos compositores da música popular brasileira.


Pág.: 1
“Os laços de afetividade que ligam o homem ao lugar provocam relatos verbais e escritos dos cidadãos comuns, artistas, poetas e intelectuais. Nesta galeria de amizade, trocas e identidade encontra-se o compositor popular.”
“nesse diapasão, merece destaque o acervo riquíssimo de interiorizações, solidariedade,projeções e reminiscências registradas pela indústria fonográfica ao longo do século vinte com respeito à Cidade Maravilhosa de São Sebastião do Rio de Janeiro. Apropriando-se de tal repertório,... procura interpretar a alma dos lugares do Rio,... seja a cidade como um ponto do mapa ou os seus bairros, favelas, logradouros, símbolos e lugares pulverizados em suas formas materiais, mas eternizadasna alma de toda gente.
Nestes termos, música popular, compositor, lugar e Rio de Janeiro comparecem como palavra-chave seguindo os preceitos da geografia humanística, uma perspectiva interessada em entender a alma dos lugares a partir das experiências vividas pelos indivíduos e grupos sociais.
Pág.: 2
Por conseguinte, o lugar ou lar – íntimo, fechado, humanizado – no conjunto da criação,trocas e identidade, pode assumir igualmente a condição de intermundo (ou intersubjetividade) referente ao universo comum a um grupo social, por ser cenário, campo de forças e das interações dos seres humanos (Tuan, 1983; 1988; Buttimer, 1985b; Mello, 2000).
Isto posto, a cidades do Rio de Janeiro apresenta-se tal qual um livro aberto à interpretação através da assinatura dos compositores da músicapopular brasileira e o esforço em de atingir tal meta tem apoio as filosofias fenomenológicas e hermenêutica.
Nestas circunstancias, o fervor citadino ou bairrista resulta do incentivo cultivado pelo estoque de conhecimento e dos esforços emocional ou intelectual. Decorre de acontecimentos corriqueiros e notáveis, do orgulho, das tradições e do bem comum, ocorridos no chão dos ancestrais, fontede vida, dos conflitos das bênçãos dos céus,... cuja dimensão se perde no horizonte.
Com vistas ao seu desenrolar o presente texto inicia o seu percurso com “Cidade Maravilhosa”, a marchinha-hino de André Filho, escrita em 1934, avança através do século vinte e finaliza a sua trajetória no último ano do milênio passado com “Sebastian”, homenagem súplica ao santo padroeiro da cidade.


Pág.: 3“cidade maravilhosa/coração do meu Brasil...” (1934)
Com a marchinha “Cidade Maravilhosa” – defendida por Aurora Miranda – o compositor André Filho obteve o segundo lugar no concurso de músicas carnavalescas realizado em 1934.
O compositor André Filho nasceu (1906) e morreu (1974) no Rio de Janeiro.
A expressão “Cidade Maravilhosa” teria sido cunhada por Coelho Neto em 1908, ou pela neta doescritor Vitor Hugo, Jeanne Catulle Mendes, por conta de seu livro “La Ville Merveilleuse” de 1912, em decorrência da nova feição que o Rio de Janeiro assumia no início do século... Assim, na sua composição poética, o músico André Filho ratifica o orgulho do povo carioca em habitar na “... cidade maravilhosa/coração do meu Brasil...”, o que reflete uma metafórica postura etnocêntrica.
Oetnocentrismo, como se sabe, diz respeito a um fenômeno universal de revalorização do “centro”, “umbigo”, “mais saudável” ou “melhor lugar do mundo” e pode ser também compreendido como egocentrismo coletivo.
Pág.: 4
Assim sendo, o que está distante do lugar vivido tem pouco ou nenhum valor. Essa alegoria, com elementos positivos e negativos, contribui também para a construção da utopia.
O mundo da...
tracking img