Fichamento do artigo: desafios atuais do sistema único de saúde – sus e as exigencias para os assistentes sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3417 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO
Instituto de Ciências Sociais Aplicadas – ICSA
Curso de Serviço Social



Fichamento do Artigo: O Trabalho nos Serviços de Saúde e a Inserção dos Assistentes Sociais.

Referência Bibliográfica: Serviço Social e Saúde-Formação e trabalho Profissional. MOTA,BRAVO,UCHÔA,NOGUEIRA,MARSIGLIA,GOMES,TEIXEIRA, 3ªEdição,2008,UFJF,Editora Cortez.(páginas 304 a 352)Neste texto a autora irá tratar sobre a participação e inserção dos assistentes sociais nos processos de trabalho desenvolvidos no Sistema Único de Saúde. Ressaltando os resultados de uma pesquisa realizada junto aos serviços públicos de saúde, em Natal (RN), e que foram trabalhados originariamente em sua dissertação de mestrado.
A mesma relata que o conteúdo da pesquisa é fruto de suasinquietações e de outros assistentes sociais a respeito do conteúdo das ações do Serviço Social nas unidades de saúde, à imprecisão da profissão (o que é, o que faz), cujos traços voluntaristas e empiristas, no entender de muitos(as) assistentes sociais, contribuem para fragilização e conseqüente desqualificação técnica do Serviço Social na área da saúde.
Enquanto o discurso dos profissionais atribuíaao voluntarismo e ao empirismo da ação profissional a responsabilidade por uma possível desqualificação técnica do Serviço Social, o cotidiano institucional deixava patente a existência de um conjunto de demandas que revelavam a utilidade da profissão na dinâmica dos processos coletivos de trabalho nos serviços de saúde.
Assim, o trabalho dos assistentes sociais não se desenvolveindependentemente das circunstâncias históricas e sociais que o determinam, de fato, a inserção do Serviço Social nos diversos processos de trabalho, encontra-se profunda e particularmente enraizado na forma como a sociedade brasileira e os estabelecimentos empregadores do Serviço Social recortam e fragmentam as próprias necessidades do ser social e a partir desse processo como organizam seus objetivosinstitucionais que se voltam a intervenção sobre essas necessidades.
Essas conclusões levaram a autora a tratar sobre as particularidades do trabalho dos assistentes sociais no interior do processo de cooperação que assegura a dinâmica do trabalho coletivo nos serviços de saúde.

1. As Particularidades do Trabalho dos (as) Assistentes Sociais no SUS

A autora entende que o processo coletivo detrabalho nos serviços de saúde define-se a partir das condições históricas sob as quais a saúde pública se desenvolveu no Brasil; das mudanças de natureza tecnológica, organizacional e política que perpassam o Sistema Único de Saúde; e das formas de cooperação vertical (divisão sociotécnica e institucional do trabalho) e horizontal (expansão dos subsistemas de saúde) consubstanciadas na rede deatividades, saberes, hierarquias, funções e especializações profissionais.
O conjunto dos processos de trabalho desenvolvidos na área da saúde pública, embora incorpore as características gerais do trabalho sob o capital, apresenta algumas singularidades que devem ser creditadas às particularidades do trabalho no setor dos serviços:
- Nos serviços de saúde pública, a força de trabalho é consumida emfunção da sua utilidade particular, que é "para uso" dos usuários dos serviços.
Esse uso, entretanto, se dá a partir de relações mercantis, sejam elas materializadas no assalariamento dos trabalhadores do setor, seja através do consumo de mercadorias, como é o caso dos medicamentos, equipamentos, seja via mais-valia social. Sendo assim, o trabalho não é imediatamente consumido com a finalidade degerar mais valor, apesar de ser objeto de mercantilização e de potencialização de mais-valia em outras esferas produtivas.
Os processo de descentralização por nível de governo com hierarquização por nível de complexidade requerem uma nova reorganização vertical e horizontal dos serviços e procedimentos implicando em mudanças nos processos de trabalho, afetando tanto a cooperação entre as...
tracking img